Sociedade | 31-03-2018 09:07

“Se as empresas investissem em Alpiarça os jovens não teriam que sair da sua terra”

“Se as empresas investissem em Alpiarça os jovens não teriam que sair da sua terra”
Hugo Teodoro é comandante dos Bombeiros Municipais de Alpiarça desde 2013

Hugo Teodoro é comandante dos Bombeiros Municipais de Alpiarça desde 2013.

Quais são as principais dificuldades com que se debate a corporação de Alpiarça?

Faltam sobretudo mais meios humanos nas corporações e os bombeiros não estão a ser tão bem vistos na opinião pública como deveriam ser, o que afasta as pessoas, sobretudo os mais novos, dos quartéis de bombeiros.

Pode especificar?

Sobretudo desde os grandes incêndios do ano passado passou-se uma imagem negativa, que os bombeiros não chegam a todo o lado e que há falta de bombeiros. Essa imagem negativa é prejudicial para conseguir recrutar mais jovens.

A que se devem as dificuldades na recruta de bombeiros?

Os jovens hoje têm muitas actividades desportivas e musicais e ficam sem tempo livre. Ou simplesmente não têm interesse em ingressar nos bombeiros porque é uma actividade que exige disponibilidade e sangue frio e nem todos os jovens estão preparados para situações mais complicadas. Além disso, não são recompensados monetariamente como deveriam ser e é uma profissão de risco e que não tem legislação adequada em vigor. Tudo isto leva a um afastamento dos jovens.

Entrevista completa na edição semanal de O MIRANTE AQUI

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo