uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Obras revelam silos medievais

Edição de 12.02.2003 | Sociedade
As obras de requalificação da Praça Marquês Sá da Bandeira, em Santarém, trouxeram à luz do dia vários silos medievais utilizados à época para armazenamento de cereais e para depósito de lixo. A pesquisa, que está a ser executada por arqueólogos contratados pela empresa que está a executar a obra, poderá atrasar “ligeiramente” as obras de colocação de infraestruturas subterrâneas nesses locais, mas não impedirá a prossecução da empreitada, conforme nos revelou o vereador das Obras Municipais, Manuel Afonso.O achado, segundo a arqueóloga Carla Ferraz, da Câmara de Santarém, não constituiu propriamente uma novidade, já que essas estruturas aparecem com regularidade nas escavações realizadas na cidade.Carla Ferraz adianta-nos ainda que esses depósitos da Idade Média serão destruídos após serem estudados e registados em forma de planta. Um trabalho que, segundo diz, deverá decorrer com alguma rapidez.Nesta altura está-se a proceder ao levantamento do material encontrado para posteriormente se efectuar o seu correcto registo arqueológico. Segundo Carla Ferraz, os materiais mais frequentes encontrados nos silos são peças cerâmicas, entulhos e ossos.A mesma técnica explica a diversidade dos materiais achados com o facto de esses silos, geralmente concebidos para armazenamento de cereais, funcionarem como depósito de lixo quando se deterioravam e deixavam de servir para as funções iniciais.

Mais Notícias

    A carregar...