uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Certame em expansão

Certame em expansão

CNEMA recebeu a exposição Piscinas 2003
Edição de 12.11.2003 | Economia
O 2.º Salão Internacional de Piscina e Lazer - Piscina 2003, mostrou no Centro Nacional de Exposições (CNEMA), em Santarém, as mais recentes novidades em piscinas e equipamentos similares, num ano em que participaram quase o dobro dos expositores. Com a ocupação das nuas naves do recinto alargou-se o leque de stands e produtos. Pôde observar-se um pouco de tudo. Tanques de hidromassagem, piscinas com excelentes arranjos exteriores, coberturas mais ou menos aprimoradas esteticamente, sistemas de aquecimento, de entre uma gama alargada de opções.De acordo com Avelino Bicho, director da ExpoSan, empresa organizadora do certame, a Piscinas 2003 é única feira da especialidade realizada em Portugal, “valorizada com a presença de algumas das maiores empresas de especialidade oriundas de Portugal, Espanha, França e Inglaterra”, acrescentou. Com a novidade de que para 2004 já surgiram pedidos de empresas dos Estados Unidos, Alemanha, Grécia e Itália.O público que acorreu ao evento, que decorreu no primeiro fim de semana de Novembro, foi “maioritariamente constituído por pessoas das classes média e média alta que possuem piscinas e outras infra-estruturas, de norte a sul do país”, salientou o director da ExpoSanPrimeiro Encontro Saúde em PiscinasFrequentar piscinas e equipamentos similares requer cuidados especiais por parte de quem as frequenta para lazer ou trabalho. Foi esta mensagem deixada por um painel de oradores de diversas especialidades médicas durante um dos colóquios do 1.º Encontro Saúde em Piscinas, realizado em paralelo com o certame Piscinas 2003.Em causa esteve o alerta para a utilização daqueles equipamentos quando se colocam temas como a qualidade do ar, da água e das instalações, sejam propriedade pública ou privada. Por isso, os oradores, cada qual na sua especialidade, defenderam que há que promover medidas de segurança e de educação pública, formando e informando, além do apetrechamento das instalações.Os acidentes em piscinas são cada vez mais recorrentes, sendo a segunda causa de acidentes com crianças, depois dos desastres rodoviários. Como sucede noutros locais do género, seja health clubs, ginásios, saunas e balneários, mais propícios à ocorrência de acidentes, bem como transmissão e disseminação de doenças.No sentido de contribuir para a melhoria de condições nas piscinas foi iniciado um estudo de avaliação da qualidade do ar (trialometanos e claraminas) em duas piscinas de cada sub-região de saúde do país, em conjunto com o Instituto Ricardo Jorge. Na sub-região de Santarém as piscinas de Rio Maior e Vila Nova de Barquinha foram as escolhidas.
Certame em expansão

Mais Notícias

    A carregar...