uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Bombeiro morre a caminho de acidente

Edição de 31.12.2003 | Sociedade
António Constantino, bombeiro graduado dos Bombeiros Voluntários Torrejanos, faleceu ao final da tarde de terça-feira, 30 de Dezembro, quando seguia a caminho de um acidente rodoviário na A23.Segundo Júlio Cardoso, segundo comandante da corporação de Torres Novas, os bombeiros que seguiam na mesma viatura de António Constantino aperceberam-se de que alguma coisa de estranho se passava quando viram que este não se estava a equipar: “É habitual os bombeiros vestirem-se pelo caminho para responderem mais rapidamente às chamadas. Quando chegaram perto da esquadra da PSP, perceberam que ele não estava bem”. A esquadra da PSP dista do quartel dos bombeiros escassas centenas de metros.Reanimado e transportado de imediato para o Hospital Rainha Santa Isabel, António Constantino entrou já “com sintomas de morte”, na opinião do médico Mariano Velez. “Era um homem de 47 anos e tentamos fazer todos os possíveis para o salvar, mas ele já tinha tido um enfarte e acabou por falecer devido a uma fibrilhação ventricular”.O acidente na A-23, ocorreu pelas 18h00 e resultou de uma colisão entre três viaturas ligeiras, bem perto de Torres Novas, no sentido Zibreira-Abrantes. O embate provocou três feridos, um deles com certa gravidade dado que estava encarcerado. Ao local compareceram os bombeiros de Torres Novas e Alcanena.

Mais Notícias

    A carregar...