uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

João Massano

“Já fui multado e é cada vez mais difícil não ser. Tem havido uma caça à multa em todos os sectores. Nas estradas e nas finanças tem havido uma procura intensa de receitas extraordinárias sacrificando os pequenos comerciantes”

31 anos, comerciante, Samora Correia

Edição de 11.02.2004 | Agora falo eu
A morte em directo do Fehér vincou a fragilidade da vida?Deu que pensar... Sentimos que de um momento para o outro deixamos de ser quem somos e partimos. Sendo jogador de futebol senti ainda mais a tragédia e pensei que muitas vezes o nosso esforço pode ser excessivo.Passou a vigiar mais a sua saúde depois desta morte?Eu já pratico desporto regularmente há muitos anos e faço exames e análises com regularidade para ver se está tudo bem.Os regulamentos da prática desportiva deviam ser mais exigentes nas condições de saúde?Os exames médicos são obrigatórios, mas muitas vezes os clubes, os atletas e os médicos facilitam. Sei que há clubes que conseguem atestados médicos sem que os atletas sejam inspeccionados e isso é muito perigoso.Costuma comprar nos saldos?Não ando à procura dos saldos, mas quando vejo alguma coisa que me agrade compro.Portugal está triste?Portugal está muito triste. Fala-se demais e não se toma medidas de fundo para melhorar a situação do país. Os portugueses estão muito preocupados com o seu futuro.O Euro 2004 vai trazer alguma melhoria ao país?O campeonato europeu vai mexer com o país, vai trazer muita gente e muitas receitas. As pessoas criticaram a construção dos 10 estádios porque não eram prioritários e há falta de hospitais e de agentes de segurança. Apesar de tudo, creio que toda a gente vai gostar de ver o sucesso do Euro.Portugal pode ser campeão europeu?Temos bons jogadores, mas não temos estruturas para sermos campeões da Europa.O Carnaval é uma época divertida?Eu aprecio muito mais o Natal, que é uma quadra de reunião da família. Mas o Carnaval é uma época divertida.Que máscara é que oferecia ao primeiro-ministro, Durão Barroso?Não oferecia uma máscara ao primeiro-ministro, mas oferecia-lhe um elástico porque a máscara já ele tem. Já alguma vez foi multado?Já fui multado e é cada vez mais difícil não ser. Tem havido uma caça à multa em todos os sectores. Nas estradas e nas finanças tem havido uma procura intensa de receitas extraordinárias sacrificando os pequenos comerciantes.Sabe o número dos sapatos da sua esposa?Sei... (risos) Não me lembro muito bem…Concorda com o congelamento dos salários dos funcionários públicos que ganham mais de mil euros? Todos as trabalhadores têm direito à actualização anual dos salários, é uma vergonha que o Estado dê este mau exemplo. Com a perda de poder de compra dos portugueses, o país não pode sair da crise.Já alguma vez entrou numa sex-shop?Nunca entrei, mas não me incomoda nada. Sei o que lá se vende e um dia poderei entrar.O alargamento da União Europeia vai ser prejudicial para Portugal?Nós já somos os últimos da União Europeia e com a entrada de 10 novos membros receio que continuaremos a ser os últimos.Acredita na justiça portuguesa?Não acredito na justiça porque ela não é igual para todas as pessoas. Estes casos de que tanto se fala só têm este destaque porque envolvem grandes figuras e isso acaba por influenciar a decisão final. Os pobres têm muita dificuldade em se defenderem.As viagens à lua ou a Marte despertam-lhe alguma curiosidade?Não me interesso muito por essas viagens. Temos tanto para descobrir e para fazer na Terra que não vale a pena pensarmos nos novos planetas.O que é que faz mais falta em Samora?Eu gostava muito que houvesse um parque natural para fazer exercício físico e passear. A vinda da câmara para Samora também era muito importante para o desenvolvimento da freguesia, que apesar de tudo, está bem apetrechada.

Mais Notícias

    A carregar...