uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Carmona Rodrigues chocado com SCUT

Edição de 11.02.2004 | Economia
O ministro das Obras Públicas, Carmona Rodrigues, considera “chocante” o encargo anual de 700 milhões de euros que o país vai ter de suportar a partir de 2007 em rendas com as “célebres SCUT” (auto-estradas sem portagem).Para Carmona Rodrigues, que falava em Alter do Chão, no encerramento da Convenção Autárquica Distrital de Portalegre do PSD, trata-se de uma “pesada herança” com que o país vai ter que viver durante mais de 20 anos.“Isto equivale a construir um aeroporto por ano na Madeira durante mais de duas décadas”, ironizou.Carmona Rodrigues acrescentou que governar neste ambiente não é fácil, mas, mesmo assim, há já um optimismo de retoma para este ano.A nível regional, o governante anunciou o arranque até ao final deste ano do troço do Itinerário Complementar 13 Alter do Chão/Portalegre numa extensão de 36 quilómetros com um investimento de 36 milhões de euros.A Convenção foi presidida por Leonor Beleza, vice-presidente da Assembleia da República, que alertou para a urgência dos municípios do norte alentejano decidirem sobre o tipo de comunidade que pretendem integrar.“Setenta por cento da população do país já escolheu o modelo que pretende seguir. Se o distrito de Portalegre perder mais tempo corre o risco de serem as zonas mais ricas do país a aproveitar de forma mais cabal e completa as aberturas que esta nova legislação permite”, disse.À margem da Convenção, Leonor Beleza, também deputada na Assembleia da República eleita pelo círculo de Portalegre, escusou-se a comentar a possibilidade de avançar como cabeça de lista pelo PSD às próximas eleições europeias.“São apenas rumores e não há absolutamente nada a dizer sobre isso”, frisou.

Mais Notícias

    A carregar...