uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Casa mortuária do Cartaxo com projecto aprovado

Edição de 20.04.2005 | Sociedade
A Câmara do Cartaxo aprovou, na reunião do executivo de segunda-feira, os projectos técnicos para a criação de três salas para a realização de cerimónias fúnebres na casa mortuária da cidade, assim como a construção de novas instalações sanitárias. A casa mortuária vai ser instalada no espaço da igreja matriz que, actualmente, serve de acolhimento à catequese, que irá passar a funcionar noutro local, também alvo de remodelação. O projecto envolve ainda a adaptação da entrada da casa mortuária a pessoas com deficiências motoras, ou dificuldades de locomoção, com a construção de uma rampa de acesso.A intervenção tem um custo de cerca de 33 mil euros e deverá arrancar assim que estiverem concluídas as obras de adaptação do espaço de catequese. Em simultâneo irá também arrancar a valorização urbanística de toda a zona envolvente da igreja, investimento que ascende a 75 mil euros. Também na freguesia da Ereira está em andamento o projecto para construção da casa mortuária, que deve arrancar até ao Verão. É esta a convicção do líder do município do Cartaxo, Paulo Caldas, que em conjunto com a Junta de Freguesia da Ereira, suportam a construção do equipamento há muito reivindicado.Com um custo estimado de cerca de 125 mil euros, as obras da casa mortuária estão a cargo da junta de freguesia no que respeita ao pagamento da mão-de-obra, enquanto a autarquia deverá ceder os materiais de construção.

Mais Notícias

    A carregar...