uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Orçamento aprovado por unanimidade e sem discussão

Assembleia Municipal da Golegã dá luz verde a documentos previsionais

A criação de uma escola profissional e a construção do novo centro de estágio desportivo são dois dos projectos com verbas inscritas no orçamento da Câmara da Golegã para 2006.

Edição de 04.01.2006 | Política
As Grandes Opções do Plano – Plano Plurianual de Investimentos (PPI) e o Orçamento para o ano de 2006 da Câmara Municipal da Golegã foram aprovados por unanimidade na sessão da assembleia municipal realizada em 27 de Dezembro. Os documentos apresentados pelo executivo convenceram todos os eleitos, que nem necessitaram de qualquer explicação sobre os números e opções apresentadas.Foi uma unanimidade que agradou ao presidente da câmara, Veiga Maltez (PS). “Foi mais uma prova da confiança que os goleganenses e azinhaguenses depositam no executivo, o que é para nós mais uma motivação para continuarmos a trabalhar para o desenvolvimento do concelho”, referiu no final da reunião.O orçamento do município é de cerca de seis milhões e 900 mil euros. A educação, a saúde, a cultura e o desporto vão ser, segundo Veiga Maltez, as áreas de maior intervenção. “Temos praticamente feitas as obras de abastecimento de água, esgotos e rede viária. Agora, sem descurar essas e outras áreas sociais, vamos voltar-nos ainda mais para a educação, saúde, cultura e desporto”, garantiu.Na área da educação, a primazia vai para a remodelação do jardim-de-infância, o apoio à construção da Creche do Centro Paroquial da Golegã e à criação da Escola Profissional da Golegã, um projecto do actual executivo. Na saúde, a prioridade vai para a extensão de saúde da Azinhaga, cujo projecto já tem parecer favorável da Administração Regional de Saúde.No desporto a aposta é ainda mais ambiciosa. Vão iniciar-se as obras de construção do novo centro de estágio desportivo, “uma obra que vai colocar a Golegã ainda mais na rota dos grandes eventos desportivos”, referiu Veiga Maltez. O Campo das Ademas vai sofrer obras de beneficiação que passam pela colocação de um piso sintético. E vão ser construídos dois polidesportivos.“Para rentabilizar todos estes investimentos, já consagramos verbas orçamentais para a Escola Municipal de Desporto, com a qual este executivo pretende implementar um novo conceito na área desportiva, privilegiando não só o futebol, mas estimulando outras actividades desportivas, como a natação, o andebol, basquetebol e voleibol”, referiu o presidente da câmara.A aposta nesta áreas não vai no entanto inviabilizar outras acções, quer na área económica, onde o executivo pretende continuar a desenvolver a zona 2 da Área de Localização Empresarial, no ambiente, na protecção civil e na Feira Nacional do Cavalo.“É claro que para conseguirmos fazer um trabalho de desenvolvimento do concelho, não chega o pequeno orçamento da câmara, mas estamos preparados para fazer candidaturas fortes e objectivas aos fundos comunitários e aos programas de desenvolvimento governamentais”, garantiu Veiga Maltez.Na reunião da assembleia, foram ainda aprovados, a geminação da Golegã com Villeneuve D’Olmes, e a indicação do presidente da Junta de Freguesia da Golegã, Constantino Gaudêncio Lopes (PS), para a Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios. Curiosamente, esta nomeação foi o único ponto da ordem de trabalhos que não mereceu a unanimidade da assembleia.

Mais Notícias

    A carregar...