uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

APS apoia crianças e famílias no bairro social da Castanheira

Edição de 25.01.2006 | Sociedade
A Associação de Promoção Social da Castanheira do Ribatejo (APS) desenvolve acções de apoio às crianças e famílias no bairro social da Castanheira desde 1997. Actividades de Tempos Livres (ATL) para as crianças e distribuição de alimentos aos agregados familiares mais necessitados são as principais actividades da associação no bairro. Actualmente com três lojas no bairro social, a APS apoia 26 crianças do bairro que padecem de várias carências. Nestes espaços, a associação serve diariamente o pequeno-almoço, o almoço e o lanche às crianças, para além das actividades de ATL. Segundo o presidente da APS, José Nunes, devido às dificuldades financeiras das famílias que moram no bairro, os pais pagam o valor simbólico de 2,50 euros por mês por estes serviços. José Nunes acrescenta que todos os meses a associação têm prejuízos a rondar os 2000 euros nas valências do bairro social. As crianças inscritas vão dos 5 aos 12 anos e têm um acompanhamento permanente por parte da APS. De acordo com o presidente da associação, é complicado lidar com estas crianças, já que “é preciso trabalhar muito para lhes incutir regras”. Apesar do esforço, José Nunes lamenta que não apareçam mais crianças, pois o apoio que a APS lhes pode dar é muito importante para elas.A associação presta, ainda, ajuda alimentar a várias famílias do bairro social. O presidente refere que de duas a quatro vezes por ano fazem uma distribuição de alimentos dos excedentes da União Europeia. José Nunes considera que num bairro problemático como este, é necessário que o apoio social seja ainda maior. Por isso aplaude a vinda de uma UNIVA (Unidades de Inserção na Vida Activa) para o local, inserida no Gabinete de Atendimento Social Integrado que está a ser criado.

Mais Notícias

    A carregar...