uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Construção de nova ponte de Tomar começa antes do final do ano

Projecto que gerou ampla discussão e polémica na cidade
Edição de 27.06.2007 | Sociedade
A construção da nova ponte em Tomar, que irá ficar situada na zona do Flecheiro, deverá ter início antes do final do ano. Ainda não existe data oficial para o começo dos trabalhos, mas o presidente da câmara, António Paiva (PSD), garante que a obra terá início “em Outubro ou Novembro”.Recorde-se que a decisão de construir a nova travessia dentro da cidade, com passagem junto ao mercado e Igreja de Santa Maria dos Olivais, provocou grande discussão na sociedade tomarense, com a oposição política a defender que a ponte deveria ser construída à entrada de Tomar, na zona de São Lourenço, para que o trânsito não chegasse a entrar na cidade. Argumentos que não foram acolhidos pela maioria social-democrata na câmara, que entende que a nova ponte irá facilitar os acessos às escolas e a toda zona nova da cidade.Entretanto, o presidente do município anunciou que a autarquia vai avançar com a elaboração dos projectos para os arranjos necessários às três entradas em Tomar – entrada por Carvalhos de Figueiredo, entrada por Valdonas e entrada na zona das Calçadas. São três estradas nacionais que a Estradas de Portugal pretende desclassificar. A câmara está disposta a receber a gestão destas vias, em troca de algumas contrapartidas. Ou seja, a Estradas de Portugal terá que participar nos trabalhos necessários, designadamente no arranjo das valetas. António Paiva vai candidatar os projectos ao QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional, de forma a conseguir apoios comunitários. A câmara quer ficar responsável apenas por 10 por cento do total do investimento.Entretanto, a obra na estrada da Serra, entre a ponte do Bairrol e o Outeiro já está pronta. Em breve, a nova ligação chegará ao seu destino final, a Serra. A nova via reduz o tempo de viagem entre a cidade e o nordeste do concelho para 10 minutos (no passado o percurso era feito em mais de meia hora). O investimento é superior a dois milhões de euros.

Mais Notícias

    A carregar...