uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Novo líder do PSD Cartaxo quer quebrar hegemonia socialista

Novo líder do PSD Cartaxo quer quebrar hegemonia socialista

Sociais-democratas pretendem aproveitar divisões no seio do PS local
Edição de 23.04.2008 | Política
Pedro Reis é o novo presidente da Comissão Política Concelhia do PSD do Cartaxo fruto dos 34 votos conquistados, sem nulos ou brancos, na única lista concorrente à liderança dos sociais-democratas. O jurista, 31 anos, sucede a Luísa Pato – que se demitiu com a restante comissão a 14 de Fevereiro para preparar o processo eleitoral. No entanto, Luísa Pato continua na comissão política concelhia como vice-presidente, cargo que Pedro Reis ocupou no mandato cessante. Vasco Cunha passa da mesa da assembleia de secção para presidir à mesa do plenário de militantes. Celestino Marques é secretário. Paulo Mota e Judite Nunes são vice-presidentes da Mesa do Plenário. A novidade é a criação de uma coordenadora autárquica, com Pedro Barata, deputado municipal e presidente da Assembleia de Freguesia de Valada, como responsável.Coordenadora autárquica que, em conjunto com a comissão política, irá liderar o processo para as eleições autárquicos, que deverão ter lugar entre Setembro e Outubro de 2009, com a elaboração do programa eleitoral e a escolha de listas para os diversos órgãos.Pedro Reis, que já foi presidente da Distrital da JSD, lembra que apesar de o partido ser democrático e aberto a opiniões dos seus militantes e eleitos, estes devem respeitar as determinações da concelhia. Ao contrário do que sucedeu com o clima de guerrilha entre os vereadores laranjas na câmara, Manuela Jarego e, em particular, Manuela Estêvão, e a anterior líder da concelhia Luísa Pato. “Fomos a única lista a sufrágio nestas eleições e considero que reforçámos a legitimidade para aplicar as estratégias que defendemos e a renovação do partido, com novos quadros, na média dos 30 anos, e novas ideias”, acrescenta Pedro Reis.Quanto a objectivos políticos para o concelho, Pedro Reis constata que o PS/Cartaxo está pior que nunca, muito dividido. “Para o PSD apresenta-se uma janela de oportunidade importante. Uma verdadeira oportunidade de assalto ao poder”, analisa o novo líder da concelhia, que quanto à escolha de candidatos diz que a solução partirá da comissão mas também da direcção nacional do partido.
Novo líder do PSD Cartaxo quer quebrar hegemonia socialista

Mais Notícias

    A carregar...