uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Veteranos do Benfica e Sporting homenagearam Manuel Bento

Veteranos do Benfica e Sporting homenagearam Manuel Bento

Velhas-guardas da Azinhaga e Pombalinho jogaram antes dos grandes craques do passado

A “mística” e a “garra” de Manuel Galrinho Bento geraram unanimidade entre ex-jogadores de Benfica e Sporting presentes domingo na homenagem ao ex-guarda-redes ‘encarnado’ e da selecção portuguesa, em Azinhaga, concelho da Golegã.

Edição de 02.10.2008 | Desporto
Num derby de velhas glórias, o filho mais velho do ex-guarda-redes, Rogério Bento, que defendeu a baliza do Benfica, viveu “um dia diferente” durante a homenagem ao seu pai, que nasceu na Golegã. “Esta homenagem conseguiu provar que o meu pai era um homem muito querido por todos, incluindo nos arredores da terra dele”, frisou Rogério Bento, realçando que a preferência pela baliza não foi hereditária, mas um gosto pessoal.Também a esposa de Manuel Galrinho Bento, Maria Gertrudes, mostrou-se “muito sensibilizada e grata por quem idealizou a homenagem”, que reuniu em Azinhaga ex-jogadores dos dois grandes de Lisboa, num encontro arbitrado pelo actual presidente da Assembleia-Geral do Belenenses, Jorge Coroado. Do lado encarnado apresentaram-se Carlos Manuel, Pereirinha e Valido, enquanto nas bancadas estiveram Mário Wilson, João Alves, Abel Santos e Abel Silva. Para “o velho capitão” Mário Wilson, Bento foi “um caso magnífico, no mundo terrível do futebol”, que “deixou recordações magníficas”, porque “não há e não houve ninguém capaz de fazer as coisas como o Galrinho fazia... frangos não eram com ele”. Artur Santos recordou como “Bento deu tudo pelo Benfica” e “era um homem extraordinário e um jogador ainda mais”, numa opinião partilhada por João Alves, o “luvas pretas”, que reconheceu que o ex-guarda-redes “ficou para a história por razões positivas”. Já Carlos Manuel salientou o espírito “lutador e trabalhador nato” e o “carisma” do homenageado, que classificou como “o melhor guarda-redes português de todos os tempos”, e Pereirinha destacou a aversão de Bento pela derrota: “Não gostava de perder nem nas peladinhas, alguns jogadores provocavam-no e ele afinava um bocado”. Na equipa do Sporting, que venceu por 1-0, com golo de Pérides, alinharam também José Eduardo, Freire e o guarda-redes Melo, orientados por Vítor Esmoriz e com o apoio de Hilário. O antigo lateral do Sporting e da selecção considerou “justíssima” a homenagem a um guarda-redes “que fez muito a nível nacional e internacional” e “deixou saudades e recordações inesquecíveis”. “Só é pena que seja feita numa altura em que ele já nos abandonou”, referiu Hilário, lamentando que as direcções dos clubes “só pensam no actual momento e esquecem-se do passado”. Para José Eduardo, Bento detinha “a verdadeira mística, que era transmitida pela garra e vontade de vencer” e “a par de Vítor Damas foram guarda-redes inesquecíveis”. O ex-árbitro Jorge Coroado, enalteceu “o espírito ribatejano” que Bento “encarnava totalmente” e “já não há muito no futebol nacional”. Além das velhas glórias, o cantor Carlos Alberto Moniz, o presidente da Câmara Municipal da Golegã, José Veiga Maltez, e o vereador da Câmara Municipal de Lisboa, Carmona Rodrigues ,marcaram presença na homenagem, que contou também com um derby local entre Azinhaga e Vera Cruz (Pombalinho), que os anfitriões venceram por 6-0. O antigo futebolista do Benfica, Manuel Galrinho Bento, guarda-redes da selecção portuguesa que conquistou o terceiro lugar no Europeu de França84, morreu a 1 de Março de 2007, com 58 anos. Bento somou 63 internacionalizações “AA”, tendo representado a selecção portuguesa no Europeu de 1984 e no Mundial de 1986, onde realizou apenas o primeiro jogo, antes de fracturar uma perna num treino. Considerado um dos melhores guarda-redes de sempre do futebol português, o goleganense notabilizou-se ao serviço do Benfica, defendendo a baliza “encarnada” entre 1972 e 1992, conquistando oito títulos de campeão nacional e seis Taças de Portugal, tendo ainda sido finalista da Taça UEFA em 1983.
Veteranos do Benfica e Sporting homenagearam Manuel Bento

Mais Notícias

    A carregar...