uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Notas falsas detectadas aumentaram no último semestre

Edição de 14.01.2009 | Sociedade
O número de notas de euro falsas detectadas em Portugal aumentou 6,5 por cento no último semestre de 2008 e totalizou 11.683 em todo o ano passado, revelou o Banco de Portugal.“No segundo semestre de 2008 foram retiradas da circulação em Portugal 6.028 notas contrafeitas”, que traduz um aumento de cerca de 6,5 por cento, comparando com as 5.655 retiradas no primeiro semestre, refere o boletim de notas e moedas divulgado na semana passada.Apesar do aumento em termos semestrais, “o nível é idêntico, nalguns casos mesmo inferior, ao verificado em semestres anteriores na vigência do euro, e ainda ao observado nos últimos semestres da circulação do escudo”, refere o banco central.As notas de 20 euros falsas são as mais frequentes - 1.750 retiradas no primeiro semestre e 2.880 no segundo semestre - seguidas das notas de 50 euros - 4.030 no total do ano.No total, foram retiradas de circulação 354 mil notas de euro contrafeitas no segundo semestre de 2008, valor que representa um aumento de cerca de 13 por cento, a maioria (98 por cento) apreendidas em países da área do euro e os restantes noutros países.Os valores semestrais de notas contrafeitas apreendidas demonstra que a nota de 50 euros tem sido a mais contrafeita, mas no segundo semestre de 2008 foi a de 20 euros. As três denominações intermédias (20, 50 e 100 euros) representam, no conjunto, cerca de 94 por cento do total de contrafacções.

Mais Notícias

    A carregar...