uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Paulo Caldas diz que todas as incorrecções estão sanadas

Edição de 22.07.2009 | Sociedade
O presidente da Câmara do Cartaxo, Paulo Caldas (PS), diz aguardar com tranquilidade as eventuais consequências do relatório da auditoria feita ao município onde são apontadas diversas irregularidades. E diz que a autarquia acolheu todas as recomendações e os contributos dos auditores, “tendo desde logo sido tomadas medidas para os seguir e corrigir, estando neste momento sanadas todas as situações apontadas”.Paulo Caldas garante que “a quase totalidade das incorrecções detectadas são resultantes de procedimentos existentes, durante décadas, nesta autarquia”. E informa que “a partir das conclusões apresentadas no relatório do Tribunal de Contas os serviços da câmara municipal têm vindo a preparar o relatório de progresso das recomendações e sugestões de alteração a procedimentos” que será entregue ao Tribunal de Contas no prazo de 180 dias.Quanto à acumulação do reembolso de refeições com o subsídio de refeição, Caldas reconheceu o erro e diz que logo que o mesmo foi detectado pelo Tribunal de Contas pediu aos serviços para determinar o valor dos subsídios de refeição que coincidiram na data com facturas de almoços ou jantares de que foi reembolsado pelo município. “Penso que paguei cerca de dois mil euros”, declarou ao nosso jornal.Face às reacções políticas que o relatório de auditoria suscitou, Paulo Caldas determinou que o texto integral do relatório fosse afixado nos locais habituais de consulta pública nos paços do concelho, dando ainda conta em comunicado que pode também ser consultado no site do Tribunal de Contas na Internet.

Mais Notícias

    A carregar...