uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Animais mortos em casas devolutas de Castanheira do Ribatejo

Edição de 12.08.2009 | Sociedade
As casas devolutas da Rua do Regedor, Largo D. Júlia Palha e Rua Palha Blanco, na Castanheira do Ribatejo, concelho de Vila Franca de Xira, são local de morte para os animais vadios da freguesia. As habitações, vedadas parcialmente com tábuas de madeira e emparedadas com tijolos e argamassa, servem de abrigo para muitos animais, que ali encontram a sua última morada. O caso está a motivar queixas de vários moradores e originou uma moção da assembleia de freguesia. No documento “solicita-se às autoridades higinenico-sanitárias do concelho que desenvolvam todos os esforços, junto dos proprietários dos edifícios degradados, para que resolvam este problema”. Para o presidente da Junta de Freguesia de Castanheira do Ribatejo, Ventura Reis (CDU), a situação é “um problema saúde pública”. O autarca sublinha que a situação “vai-se arrastando”. Os animais “reproduzem-se, alguns morrem de fome, outros alimentam-se do que apanham no lixo e substâncias nocivas, acabando por morrer”, conta. Os alertas para a situação têm-se sucedido, mas segundo Ventura Reis, “não tem sido fácil contactar os proprietários dos imóveis”. Os prédios devolutos foram adquiridos por várias empresas de construção civil. “Pretendemos que sejam tomadas medidas urgentes, que possam incluir incentivos para acelerar a rapidez da construção no local, que os torne prioritários. Se não teremos grandes problemas”, alerta o autarca. A situação das habitações devolutas em Castanheira do Ribatejo é do conhecimento da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, que apontou as freguesias de Castanheira e Alhandra como prioritiárias na área da recuperação urbana, a financiar pela cooperação entre a autarquia e entidades privadas.

Mais Notícias

    A carregar...