uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Alcanenense venceu Riachense e conquistou a Supertaça Dr. António Alves Vieira

Alcanenense venceu Riachense e conquistou a Supertaça Dr. António Alves Vieira

Vitória sofrida que só surgiu na marcação de grandes penalidades

O Atlético Clube Alcanenense venceu o Clube Atlético Riachense por 5-3, na marcação de grandes penalidades, na final da Supertaça do Ribatejo, Taça Dr. Alves Vieira, e conquistou o troféu. O futebol praticado pelas duas equipas foi de boa qualidade e chegou a entusiasmar os cerca de um milhar de adeptos presentes, na noite fria do dia 2 de Setembro, no Estádio Municipal de Torres Novas.

Edição de 10.09.2009 | Desporto
O Atlético Clube Alcanenense, finalista vencido da Taça do Ribatejo de 2008/2009, começou a disputa dos troféus referentes à época 2009-2010 da melhor maneira: a ganhar. Frente ao Clube Atlético Riachense, Campeão Distrital e vencedora da Taça do Ribatejo, a equipa orientada por José Torcato, conseguiu o primeiro triunfo da temporada. Mas a vitória só surgiu na marcação de grandes penalidades. Durante os noventa minutos regulamentares, o Riachense esteve sempre ao mesmo nível do seu adversário, e o jogo só se resolveu por uma maior frieza e felicidade dos jogadores de Alcanena.Num jogo, disputado por duas equipas do mesmo escalão, cedo se viu que apesar do frio da noite, havia muita disponibilidade dos jogadores para a disputa desta prova, que levou a que estivessem no estádio cerca um milhar de espectadores. A sorte sorriu à equipa de Alcanena, que marcou de forma irrepreensível todas as grandes penalidades que decidiram o resultado. No Riachense, Nuno Paulo falhou, atirou a bola sobre a barra. Durante os noventa minutos regulamentares, o Alcanenense foi a equipa que por mais vezes esteve próximo do golo, mas os seus avançados, em noite de alguma desinspiração, não conseguiram fazer o gosto ao pé.Mas o Riachense não deixou os seus créditos por mãos alheias e também soube criar algumas boas oportunidades para marcar. No entanto a direcção dos remates nunca foi a melhor e quedou-se também por não conseguir introduzir a bola na baliza.O Alcanenense acabou por ser um justo vencedor, marcou quando teve oportunidade para isso. O Riachense também não foi inferior, mas os seus avançados foram mais perdulários, e por isso tiveram o castigo da derrota.Um árbitro com presençaCausou alguma admiração a nomeação de André Gralha para dirigir este jogo. É um árbitro da primeira categoria nacional. Para um jogo de festa como este é normalmente nomeado um árbitro do distrital.Mas a nomeação acabou por se ajustar ao jogo. André Gralha esteve bem, deixou jogar, evitou mostrar cartões, agiu pedagogicamente, preferiu por duas vezes chamar os jogadores e falar com eles. Esteve muito bem. José Torcato satisfeito com vitória e a conquista do troféuO treinador do Alcanenense estava satisfeito com a vitória e com a conquista do troféu. “É certo que fizemos a nossa obrigação, para início de época jogámos bem. Mas tivemos que dar o nosso melhor. O Riachense mostrou o que vale e vale muito. Não foi a conquista de mais um troféu, foi a conquista da Supertaça do Ribatejo, Troféu Dr. Alves Vieira que é uma das provas mais carismáticas da Associação de Futebol de Santarém. Estamos muito satisfeitos”, garantiu. Mas apesar da satisfação por esta conquista, José Torcato garantiu que agora é preciso dar continuidade às vitórias no Campeonato. “Penso que já merecíamos uma vitória como esta. Vitória que quero dedicar aos jogadores, adeptos e ao presidente da Câmara de Alcanena que muito nos tem ajudado. Agora vamos pensar no campeonato onde vamos ter uma palavra a dizer”, disse. Frederico Rasteiro garante que a sua equipa correspondeu ao que lhe pediuPor sua vez, o treinador do Riachense, Frederico Rasteiro estava satisfeito com o comportamento da sua equipa. “O jogo foi muito equilibrado e bem jogado a espaços. Não fomos inferiores ao nosso adversário, podíamos ter vencido, mas não o conseguimos porque falhámos algumas boas oportunidades”, disse.Frederico Rasteiro, confessou que está satisfeito com a forma como os jogadores, que integraram esta época o plantel, estão a assimilar as suas ideias. “A equipa está mais confiante e mais alegre, estamos completamente dentro dos nossos objectivos”, disse.
Alcanenense venceu Riachense e conquistou a Supertaça Dr. António Alves Vieira

Mais Notícias

    A carregar...