uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Aldeia de Casais da Lagoa tem espaço com acesso à internet

Aldeia de Casais da Lagoa tem espaço com acesso à internet

Associação foi dinamizadora de projecto apoiado pelas autarquias

Oito computadores com acesso à Internet estão disponíveis na aldeia dos Casais da Lagoa, Aveiras de Cima, Azambuja. A infoteca nasceu no espaço de uma antiga casa por iniciativa da associação da terra que recebeu apoio das autarquias.

Edição de 08.10.2009 | Sociedade
A aldeia de Casais da Lagoa, freguesia de Aveiras de Baixo, concelho de Azambuja, tem à disposição do público um espaço livre de acesso à Internet com oito computadores. “A única exigência que fazemos é que as pessoas sejam sócias. Pode vir gente da terra e de fora”, convida o presidente da Associação Desportiva e Cultural de Casais da Lagoa, José Brás.Os sócios da colectividade pagam um euro por mês. O local funciona também como “hotspot” (ponto de acesso à internet sem fios) possibilitanto o acesso à rede a quem estiver nas imediações do local. “Este espaço foi criado para que as pessoas da nossa aldeia tenham acesso à Internet. Chamamos-lhe biblioteca, mas é um infoteca. As pessoas podem fazer pesquisa informática. No fundo isto é para todos. Desde os mais pequenos aos mais velhos”, explica José Brás.A Infoteca nasceu no espaço de uma antiga casa, alugada pela associação por um valor anual simbólico de 120 euros, e que foi alvo de requalificação. No local já tinha funcionado um antigo bar da associação. Para assegurar o funcionamento diário do espaço, protegido com um sistema de segurança, a associação vai tentar recrutar um colaborador através do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).A segunda fase do projecto será fazer da sala do lado um centro amplo de convívio para idosos e todas as pessoas que queiram frequentar. “Para isso estamos a contar com mais 25 a 30 mil euros que faltam para completar a obra”, avisa José Brás. O projecto teve o apoio da Junta de Freguesia de Aveiras de Baixo e Câmara Municipal de Azambuja que transferiu um apoio de 6.500 euros para a associação de forma a suportar a aquisição dos computadores. A ideia nasceu por iniciativa de José Brás, profissional na área da segurança, que conhece a rede de bibliotecas da Câmara Municipal de Lisboa. Na aldeia um espaço como este faz ainda mais sentido, observa José Brás.A associação quer dinamizar cursos de informática no espaço e já encetou contactos com a ACISMA – Associação de Comércio, Indústria e Serviços do concelho de Azambuja. José Brás tem ainda um projecto para receber em Casais da Lagoa o congresso “Associativismo que futuro” envolvendo as 36 colectividades do concelho.
Aldeia de Casais da Lagoa tem espaço com acesso à internet

Mais Notícias

    A carregar...