uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Ana Sardinheiro 34 anos, Fazendas de Almeirim, Desempregada

Ana Sardinheiro 34 anos, Fazendas de Almeirim, Desempregada

“Não existe nenhum político que me transmita confiança e as notícias que têm vindo a público nos últimos meses só servem para reforçar esta minha ideia. Os portugueses percebem que não existe transparência e que a maioria só se preocupa em encher os bolsos”

Edição de 02.12.2009 | Agora falo eu
Já fez a árvore de Natal?Com muita pena das minhas filhas ainda não a fiz. Gosto de fazer a árvore mais perto do dia mas elas é que ralham muito porque já queriam ter a árvore de Natal a enfeitar a casa. Duas semanas antes é o ideal senão depois também cansa.O que não pode faltar na mesa na noite de Consoada?Sinceramente, não vivo muito a época do Natal. O que me move são as minhas filhas. Faço questão que continuem a acreditar no Pai Natal que desce pela chaminé e coloca as prendas no sapatinho. Na noite de Consoada não pode faltar o bacalhau com todos que é o prato tradicional português.O que mantém um cliente fiel ao negócio?Um atendimento de qualidade e dar-lhe razão mesmo se não a tem. Temos que estar sempre disponíveis para atender as pessoas mesmo que seja à noite ou ao fim-de-semana. Qual é o político em quem confia?Não existe nenhum político que me transmita confiança e as notícias que têm vindo a público nos últimos meses só servem para reforçar esta minha ideia. Os portugueses percebem que não existe transparência e que a maioria só se preocupa em encher os bolsos.Uma despedida de solteiro serve para quê?Serve essencialmente para as pessoas se divertirem com os amigos. Pessoalmente é um tipo de festa com a qual não concordo porque não faz muito sentido. Os dias antes do casamento são dias normais e não entendo o interesse de alguém se querer despedir da vida de solteiro. Até parece que o casamento é algo que não é bom. Se as pessoas pensam assim não deviam casar.O que gosta de fazer nos tempos livres?Gosto muito de pintar casas. Agora que estou desempregada tenho aproveitado para pintar a minha casa e já pintei a casa da minha mãe. Não consigo estar parada e assim abstraio-me de tudo e alivio o stress.Vai à missa regularmente? Até aos 9 anos ia com muita frequência porque frequentava a catequese. Mas depois deixei de ir. Acho que a igreja não motiva as pessoas a irem à missa. As suas ideias estão muito antiquadas. Há poucos dias um padre fugiu com uma rapariga e abandonou a sua “vocação”. Se os padres pudessem casar penso que seria um grande passo para a modernização da igreja.O que é que faz falta em Fazendas de Almeirim?Actividades desportivas para as crianças. Tenho uma filha que gostava de andar no ballet e eu tinha que ir propositadamente a Almeirim para as aulas. Existem poucas actividades desportivas na vila. Natação ou dança também só existem em Almeirim. A população de Fazendas de Almeirim é grande, por isso, deviam apostar em actividades para os mais jovens.
Ana Sardinheiro 34 anos, Fazendas de Almeirim, Desempregada

Mais Notícias

    A carregar...