uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

IMI em Alcanena bonifica quem recuperou casas

Edição de 02.12.2009 | Economia
A proposta de definição das taxas do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), no concelho de Alcanena, a cobrar em 2010, foi ontem apresentada em reunião de câmara e vai a aprovação sexta-feira, na assembleia municipal. O documento prevê um desagravamento da carga fiscal. Deste modo, o IMI deverá fixar-se em 0.8% nos prédios rústicos, 0.7% nos prédios urbanos e 0.3% nos prédios urbanos avaliados nos termos do novo código. Segundo a presidente da câmara, Fernanda Asseiceira (PS), a proposta visa ainda beneficiar “quem tem investido na recuperação dos seus prédios”, prevendo várias bonificações. Assim, após vistoria, os edifícios recuperados há 8 anos deverão obter uma diminuição de 5%, há 7 anos menos 10%, há 6 anos menos 15%, há 5 anos menos 20%, há 4 anos menos 25% e há 3 anos, ou idade inferior, menos 30%. Por outro lado, os edifícios que apresentem um elevado estado de degradação vão obter uma majoração de 30%, no imposto após devida vistoria.

Mais Notícias

    A carregar...