uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Falta de iluminação no jardim e em monumento revolta moradores

Falta de iluminação no jardim e em monumento revolta moradores

Luzes estão apagadas em vários locais da cidade de Vila Franca de Xira

A falta de iluminação pública no Jardim Constantino Palha, estação de comboios e o monumento ao campino está a indignar a população de Vila Franca de Xira que reclama por melhorias urgentes.

Edição de 02.12.2009 | Sociedade
A falta de iluminação pública em algumas zonas de Vila Franca de Xira está a revoltar os moradores da cidade que reclamam por melhorias urgentes. O problema é sentido em particular no jardim Constantino Palha, onde a escuridão torna a sua travessia uma missão difícil. À saída da estação de comboios da cidade, as lâmpadas instaladas no chão, na zona da praça de táxis, estão apagadas. Outras ruas antigas da cidade ficam às escuras (como na travessa do Serradinho) e o monumento ao campino continua também sem iluminação. Numa das últimas reuniões de câmara do executivo de Vila Franca de Xira os munícipes lamentaram a situação e exigiram melhorias. A presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Maria da Luz Rosinha, descartou responsabilidades na matéria e informou que, em certos casos, como no Jardim Constantino Palha, “a responsabilidade é da Junta de Freguesia que, no limite, delega a resolução desse problema na câmara municipal”, informou a edil.O presidente da Junta de Freguesia, José Fidalgo, esclareceu por sua vez que a iluminação pública da cidade é uma responsabilidade da EDP e que a empresa não se deve descartar das suas obrigações “culpando as autarquias”. Na reunião de câmara, Maria da Luz Rosinha, lamentou o “diferendo com a EDP” e prometeu agendar encontros com a empresa tendo em vista a resolução dos diversos problemas de avarias. A EDP, contactada pelo nosso jornal, refere que “a responsabilidade da falta de iluminação dos monumentos e do jardim é da câmara municipal e não da EDP”, acrescentando que a empresa “tudo tem feito e se tem mostrado disponível para ajudar a resolver o problema”. O MIRANTE voltou a contactar a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira sobre o assunto, mas nenhum esclarecimento foi enviado até à data de fecho desta edição.Recorde-se que já em Agosto o nosso jornal tinha dado a conhecer a fraca iluminação da ponte Marechal Carmona, outro símbolo da cidade de Vila Franca de Xira, onde mais de metade dos candeeiros estão apagados. Aquando da reportagem a câmara assumiu que os candeeiros têm registado avarias “com uma regularidade indesejável” e prometeu melhoramentos, que ainda não surgiram.
Falta de iluminação no jardim e em monumento revolta moradores

Mais Notícias

    A carregar...