uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Seis mil pessoas à procura de emprego em Vila Franca de Xira

Em Outubro de 2008 o número de inscritos no IEFP chegava aos 4770

Os números do desemprego estão a subir no concelho de Vila Franca de Xira. Em Outubro de 2008 o concelho tinha 4 770 desempregados enquanto que hoje são mais de seis mil, segundo dados do IEFP.

Edição de 02.12.2009 | Sociedade
O concelho de Vila Franca de Xira tem mais 1300 desempregados do que em igual período do ano passado. Segundo dados disponibilizados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) em Outubro deste ano estavam inscritas no concelho 6 073 pessoas, o que representa um aumento face aos números de 2008, que indicavam que 4 770 pessoas estavam na fila de espera por uma oportunidade laboral.Os números do desemprego de Vila Franca de Xira colocam o concelho nos dez primeiros lugares de uma lista de 51 municípios da região de Lisboa e Vale do Tejo. Segundo o IEFP, apenas Almada, Amadora, Cascais, Lisboa, Loures, Seixal, Setúbal e Sintra conseguem obter piores números.Os dados mais recentes, referentes a Outubro, mostram também uma subida face aos dois últimos meses deste ano. Em Setembro existiam 5 981 inscrições e em Agosto 6 011. Ainda segundo os dados do instituto já em Outubro 862 novas pessoas inscreveram-se no centro de emprego mas só 51 conseguiram colocação num novo trabalho, num mês onde foram recebidas 100 ofertas de emprego. Estas 862 pessoas não estão contabilizadas nas seis mil registadas em Outubro já que entram na estatística do mês seguinte. Mais de metade dos desempregados formalizaram inscrição no seguimento do fim de trabalho não permanente (448 pessoas), enquanto 134 foram despedidos e 44 saíram das empresas onde trabalhavam por mútuo acordo, entre outros motivos apresentados. O sexo feminino é mais atingido pelo desemprego (3 105 pessoas) que o sexo masculino (2 968). Mais de 1 670 pessoas estão a aguardar colocação num novo emprego há mais de um ano. Nos números de Outubro verifica-se ainda que a maioria dos desempregados têm entre 35 e 54 anos (2 525 pessoas), seguida dos jovens entre os 25 e os 34 anos (1 735) e do escalão acima dos 55 anos (1 038). O aumento do desemprego no concelho foi motivo de discussão na última reunião de câmara do executivo de Vila Franca de Xira, quando o vereador da CDU Nuno Libório defendeu menores taxas de imposto municipal sobre imóveis como forma de apoiar socialmente as famílias em dificuldades. “Somos dos concelhos com a maior taxa de emprego precário do país”, lamentou, numa informação que ainda não foi confirmada pelo IEFP. A presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Maria da Luz Rosinha, retribuiu dizendo que o cenário “não é dos mais graves da região” e recordou que foi assinado em Agosto, entre o IEFP e a câmara, um protocolo de criação de 470 postos de trabalho até Julho de 2010. O concelho de Vila Franca de Xira continua a aguardar a conclusão da plataforma logística da Castanheira do Ribatejo, que promete ser o pólo industrial mais importante do concelho que irá gerar 7 000 empregos directos e quase 18 000 indirectos.

Mais Notícias

    A carregar...