uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

João Daniel Santos

26 anos, Empresário/Estudante, Santarém
Edição de 21.12.2010 | Agora falo eu
Este ano gastou mais ou menos dinheiro nas prendas de Natal?Este ano vou gastar decididamente menos em prendas de Natal. Dada a situação económica do país, e a incerteza do futuro, penso que o mais racional será haver alguma contenção nos gastos. Esta altura do ano é um pouco ingrata, para compras, sobretudo porque muitos dos artigos dentro de alguns dias estarão a metade do preço.Onde vai passar o fim do ano?Este ano vai ser em Portugal, com a família, mas tenciono, nos próximos anos, ir para fora. Este ano não o faço apenas por questões de tempo. De qualquer forma, sendo em Portugal ou estrangeiro será à partida com a família.A noite de Consoada tem que ter o tradicional bacalhau com couves ou prefere outras iguarias?Noite de Consoada sem o bacalhau com couves cozidas não é Natal. É a tradição portuguesa.Quem acha que deve ser o novo Presidente da República?Sem sombra de dúvidas que o professor Aníbal Cavaco Silva deve continuar a exercer as suas funções. Acho os outros candidatos perfeitamente medíocres, com uma propaganda completamente sem ideias e “deslavada”.Se tivesse que escolher outro local para viver qual escolheria?Lisboa, porque é o centro de tudo. As oportunidades são diferentes na capital. Actualmente vivo dividido entre Santarém e Lisboa e, sinceramente, quer queiramos quer não, a vida profissional flui mais facilmente em Lisboa.Já fez planos para 2011?Não sou de fazer grandes planos, normalmente vou vivendo e tentando deixar as coisas acontecerem. Mas claro que tenho objectivos pessoais que gostava de concretizar.Portugal devia pedir ajuda ao FMI para conseguir sair da crise financeira em que se encontra?Acho que a situação financeira em que o país está mergulhado não vai deixar outra alternativa senão pedir ajuda externa, seja ao FMI ou através da venda da nossa dívida pública a agentes externos.Costuma separar o lixo para reciclar?Em Santarém não o faço uma vez que teria que andar 4 quilómetros com o lixo no carro até ao ecoponto mais próximo, mas em Lisboa não custa nada e faço-o diariamente.A que se deve o elevado número de mortes nas estradas portuguesas?Sobretudo às más condições das estradas. Viajo bastante a conduzir pela Europa e não acho que os portugueses sejam mais irresponsáveis ao volante que grande parte dos condutores dos países europeus por onde passo. A diferença é que os acidentes lá fora têm repercussões mais brandas devido às melhores condições das estradas.O que faria se lhe saísse o euromilhões?Fazia o mesmo que quase toda a gente, ajudava família, amigos e passaria o resto da vida a usufruir e reproduzir riqueza. Acho que não existe nada mais gratificante para um homem do que ser bem sucedido nos negócios.

Mais Notícias

    A carregar...