uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Feirantes do mercado mensal de Azambuja vão pagar 1,20 euros por metro quadrado

Edição de 27.04.2011 | Sociedade
Os feirantes do mercado mensal de Azambuja vão pagar uma taxa de 1,20 euros por metro quadrado em vez dos dois euros que a câmara municipal tinha anunciado anteriormente. O valor será pago com efeitos retroactivos desde Janeiro de 2011. A proposta da Câmara Municipal de Azambuja foi aprovada com seis votos a favor e uma abstenção do vereador da Coligação Pelo Futuro da Nossa Terra (PSD, CDS-PP, MPT, PPM) na última reunião de câmara que decorreu terça-feira, 26 de Abril. Em 2010 o município de Azambuja fixou a taxa para o mercado em dois euros por metro quadrado quando antes os feirantes pagavam apenas 30 cêntimos. Um aumento que no início do ano levou os comerciantes a acusar a autarquia de “extorsão” e de querer acabar com o mercado mensal que se realiza no primeiro sábado de cada mês no parque poente adjacente à estação de comboios de Azambuja.O vereador da Coligação, António Jorge Lopes, chamou a atenção para a “hipotética ilegalidade do mercado mensal” questinando a legitimidade da cobrança da taxa. “O mercado é meio ilegal. O piso térreo é a única coisa que não está adequada”, respondeu o vereador com o pelouro das feiras e mercados da Câmara Municipal de Azambuja, Silvino Lúcio. O presidente da Câmara Municipal de Azambuja, Joaquim Ramos, garantiu que vai pedir um parecer aos serviços jurídicos da autarquia em relação à legalidade do mercado e à cobrança da taxa. Os feirantes vão poder pagar as prestações trimestralmente. O valor da nova taxa surgiu após “análise efectuada às taxas praticadas em mercados semelhantes da região”, lê-se na proposta agora aprovada.

Mais Notícias

    A carregar...