uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Lar da Minha Mãe a funcionar desde Abril no Cartaxo

Lar da Minha Mãe a funcionar desde Abril no Cartaxo

Empresa da Semana

Conforto e qualidade numa vivenda com capacidade para acolher 23 utentes

Edição de 18.05.2011 | Economia
O Lar da Minha Mãe começou a funcionar em Abril, no Cartaxo. Monira Osman é a directora do espaço que está situado na Estrada Nacional 3, no centro da cidade. A direcção de um lar não é novidade para ela uma vez que está à frente do Lar e Repouso do Ribatejo há cerca de cinco anos.O novo lar do Cartaxo tem capacidade para 23 utentes sendo que 15 camas já estão ocupadas. O lar situa-se numa vivenda ampla com dois pisos, adaptada para acolher pessoas com diferentes graus de dependência. Monira Osman faz questão de destacar “o conforto e qualidade do serviço”. O jardim permite realizar actividades lúdicas com os idosos ao ar livre. O espaço dispõe de nove quartos, duplos e triplos, sendo que os quartos duplos possuem casa de banho privativa. Cada piso tem uma sala de convívio.Ao dispor dos utentes está uma equipa de seis auxiliares, um médico, uma enfermeira, uma fisioterapeuta e uma animadora sócio-cultural.Apesar desta ser uma área muito procurada uma vez que as pessoas vivem até cada vez mais tarde e muitos familiares não têm hipóteses de ter os idosos em casa Monira Osman revela que muitas pessoas sentem dificuldades em pagar a um lar privado para acolher o seu familiar.“Somos um lar privado e por isso não temos apoios. Há pessoas que nos procuram mas depois têm dificuldade em suportar os custos. Essa dificuldade deve-se ao aumento do custo de vida e à crise financeira que está instalada no país”, afirma a O MIRANTE acrescentando que, ao contrário do lar do Cartaxo, o lar de Santarém tem muitos utentes ao abrigo de acordos e triagens que a Segurança Social realiza. “São pessoas que por razões económicas ou pelo facto de não terem família e não puderem ficar sozinhas são encaminhadas para ali”, explica.O Lar e Repouso do Ribatejo, situado na Rua de São Martinho, em Marvila, no centro da cidade de Santarém, tem capacidade para 29 utentes, estando, neste momento, lotado.As visitas nos dois lares podem ser feitas todos os dias a partir das 14h00. “A manhã é muito intensa porque têm que ser feitas as higienes e quem precisa de fisioterapia também é feita durante a manhã. Depois de almoço já está tudo mais calmo e os utentes estão disponíveis para os seus familiares”, afirma a directora.
Lar da Minha Mãe a funcionar desde Abril no Cartaxo

Mais Notícias

    A carregar...