uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Há uma nova Escola Solano de Abreu em Abrantes

Há uma nova Escola Solano de Abreu em Abrantes

Investimento de 12,3 milhões de euros deixou estabelecimento irreconhecível para alunos, professores e funcionários

No mesmo dia mas no período da tarde, Isabel Alçada deslocou-se à Escola Secundária Jácome Ratton, em Tomar, que foi alvo de obras de remodelação superiores a 10 milhões de euros.

Edição de 19.05.2011 | Sociedade
“Seria aqui o pátio das raparigas?”, pergunta Maria de Lurdes Pereira que integrava a comitiva que no dia 11 de Maio seguia de perto a ministra da Educação, Isabel Alçada, durante a cerimónia de inauguração da Escola Secundária Dr. Solano de Abreu, em Abrantes, após ter sofrido grandes obras de remodelação. Foi aqui que estudou nos anos 70 mas quase nada reconhece da antiga Escola Industrial e Comercial de Abrantes que, criada em 1953, passou a funcionar neste edifício em 1959 e recebeu em 1993 a actual designação de Escola Secundária Dr. Solano de Abreu.Os mais de doze milhões investidos em obras de modernização, que tiveram o seu início em 2008, deixaram a antiga Escola Técnica Industrial irreconhecível para alunos, ex-alunos, funcionários e professores. “Como isto era e como isto está” foi uma frase repetida por muitos convidados. E também quem passa na Av. das Forças Armadas, em Abrantes, dificilmente pensa tratar-se de uma escola devido à arquitectura contemporânea do edifício, facilmente confundido com um museu. Os edifícios pré-existentes foram requalificados, as oficinas demolidas e os acessos passaram a realizar-se através da Rua Visconde de Abrançalha, na traseiras, porque esta rua tem um menor fluxo rodoviário. Para além de uma biblioteca, bar, refeitório e espaços lectivos, a escola conta com uma loja do aluno e uma área de pausa para professores. O antigo ginásio foi reconvertido em sala polivalente e foi construído um novo pavilhão gimnodesportivo, através da modelação de terreno que desce até ao pátio dos alunos. Os espaços exteriores também foram redesenhados, permitindo criar melhores condições de acesso e maiores áreas de recreio coberto e de espaços verdes. Para o director da Escola, Jorge Costa, era “imperioso” tornar esta escola de novo num local aprazível e adequado ao processo de aprendizagem. “Inauguramos uma nova escola, num concelho que se pretende sempre novo. A escola saberá encontrar novos caminhos para o sucesso”, disse. Maria do Céu Albuquerque, presidente da Câmara de Abrantes, iniciou a sua intervenção lendo um poema com uma mensagem dirigida a D. Dinis. “ Hoje temos que apostar fortemente na qualificação das pessoas como forma de ganharmos espaço e património”, disse, realçando a existência de um Centro de Novas Oportunidades nesta escola. A autarca destacou ainda o facto do actual ministro dos Assuntos Parlamentares e presidente da Assembleia Municipal de Abrantes, Jorge Lacão, ter sido aluno desta escola nos anos 60. Maria do Céu Albuquerque apresentou um recorte de um jornal da antiga Escola Industrial e Comercial de Abrantes, datado de Abril de 1978, que dava conta de que “Mário Rui Fernando e Jorge Lacão Costa eram, sem dúvida, os dois mais altos valores poéticos da nossa escola”. Jorge Lacão agradeceu emocionado e subiu ao palanque para discursar tal como fez a sua colega de governação, que não perdeu a ocasião para fazer um discurso de obra feita, concentrando a tónica do mesmo em propaganda eleitoral. Desde o arranque do programa de Modernização, em 2007, a Parque Escolar já requalificou 90 escolas do ensino secundário, tendo actualmente em curso intervenções em 53 escolas. O programa prevê a intervenção em 370 estabelecimentos de ensino, em detrimento da construção de novas escolas. 10 milhões para a Escola Secundária Jácome Ratton em TomarNo mesmo dia mas no período da tarde, Isabel Alçada deslocou-se à Escola Secundária Jácome Ratton, em Tomar, que foi alvo de obras de remodelação superiores a 10 milhões de euros. A ministra salientou as excelentes condições da escola e a sua tradição, afirmando que tem “os pés no presente e os olhos no futuro”. Isabel Alçada mostrou-se impressionada com a arquitectura do edifício, igualmente marcado pela contemporaneidade. O director da escola, José Possante, frisou que as novas instalações “apresentam condições de futuro para a formação de jovens e adultos”. Há uma nova Escola Sec. Dr. Solano de Abreu em Abrantes.
Há uma nova Escola Solano de Abreu em Abrantes

Mais Notícias

    A carregar...