uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Idoso atravessou a ponte Salgueiro Maia em contramão

Idoso atravessou a ponte Salgueiro Maia em contramão

Vários automobilistas com quem se cruzou não ganharam para o susto e houve quem ficasse com danos nos seus veículos

Homem é de Santarém, tem 71 anos, não tem doença mental nem seguia alcoolizado, segundo informação da GNR.

Edição de 19.05.2011 | Sociedade
O automobilista que entrou em contramão na ponte Salgueiro Maia pelo acesso de Almeirim, percorrendo alguns quilómetros até perto da saída para a circular urbana de Santarém, tem 71 anos, é de Santarém e terá entrado naquela via proveniente da Estrada Nacional 118. Segundo dados da GNR, o homem que seguia num Renault Clio verde não sofre de doença mental nem seguia alcoolizado.Certo é que o condutor percorreu alguns quilómetros em contramão, provocando danos em três viaturas, incluindo a sua. Acabou por parar e ser interceptado pela GNR a um quilómetro das saídas para a circular urbana de Santarém. Eram cerca das 15h45 de sexta-feira, 13 de Maio. No espaço de cinco meses é o terceiro automobilista apanhado a circular em contramão nas estradas da região (ver caixa). Carlos Matias foi um dos que não ganhou para o susto. Ia a entrar na ponte Salgueiro Maia a caminho de Salvaterra de Magos quando se deparou com um carro a grande velocidade em sentido contrário. “Vinha na minha mão a circular tranquilamente quando apanho um carro em sentido contrário a circular a alta velocidade, que não teve qualquer intenção de abrandar nem sequer de evitar bater directamente no meu carro”, referia ainda mal refeito do susto, cerca de um quilómetro adiante do local onde o idoso viria a parar. O condutor acidentado diz que só teve tempo de se desviar mas mesmo assim o homem do Renault Clio ainda lhe destruiu o pára-choques traseiro.Francisco Branco parou junto ao condutor lesado para se oferecer como testemunha. Tinha acabado de ver o carro a circular no mesmo sentido que o seu, mas em contramão. “De certeza que entrou pela estrada nacional, mas não sei como pode ter acontecido uma situação destas”, admirava-se.Após o embate com um veículo na ponte Salgueiro Maia o condutor seguiu mais cerca de um quilómetro, sempre pela faixa da esquerda em sentido contrário, com os quatro piscas ligados, obrigando a que vários condutores se desviassem de si. A GNR interceptou o condutor pouco tempo depois.Três automobilistas em contramão em cinco mesesNo espaço de cinco meses as autoridades registaram três automobilistas a circular em contramão por estradas da região. A juntar-se ao incidente de dia 13 de Maio, protagonizado por um homem de 71 anos, houve registo do caso de um homem de 68 anos, oriundo da Parreira, Chamusca, que circulava em contramão na circular urbana de Santarém, na manhã de sexta-feira, 11 de Março (ver edição 17 Março 2011). Acompanhado da esposa, viria a colidir frontalmente com outro veículo e a falecer, deixando a mulher com alguns ferimentos. Em Janeiro deste ano foi a vez de um condutor causar um acidente na A23, junto a Mação, ao circular em contramão durante 19 quilómetros (ver edição 13 Janeiro 2011). Acabou por causar um acidente com três feridos. O caso passou-se a 8 de Janeiro, pelas 19h45.
Idoso atravessou a ponte Salgueiro Maia em contramão

Mais Notícias

    A carregar...