uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

PJ detém suspeito de atear incêndios

Edição de 14.09.2011 | O Mirante dos Leitores
Se a Polícia Judiciária deteve 23 pessoas suspeitas da prática de crimes de fogo posto era interessante sabermos agora quantos foram condenados pelos tribunais e quais as penas aplicadas. Faço esta observação porque na maior parte dos casos as polícias prendem e os tribunais libertam. E nem sempre libertam por serem brandos mas porque as provas apresentadas não são suficientes para levar a julgamento ou para condenar. Eu não nasci ontem e não entro nessa cantiguinha das polícias de se matarem a trabalhar para depois os tribunais soltarem os criminosos. Acredito que nalguns casos há criminosos libertados porque as leis estão mal feitas ou porque os juízes erraram mas também é verdade que, por vezes, PSP, GNR e PJ não arranjam provas suficientes para incriminar os suspeitos.João Carlos Bentes Mansinho

Mais Notícias

    A carregar...