uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Câmara do Cartaxo reserva 600 mil euros para alterações ao quadro de pessoal

Edição de 18.01.2012 | Política
A Câmara do Cartaxo vai reservar uma verba de mais de 600 mil euros para recrutamento de trabalhadores para lugares não ocupados do mapa de pessoal e para possíveis cessações de contratos e despedimentos em 2012. Segundo o presidente da autarquia, Paulo Varanda (PS), está em causa a interpretação de um artigo do Orçamento de Estado para 2012 que, além de cativar os subsídios de férias e de Natal, prevê a diminuição, em 2012, de um sétimo do valor das remunerações de 2011, podendo implicar despedimentos.“Esta informação é confirmada pela Associação Nacional de Municípios Portugueses. É altamente castradora, oligárquica, que vai trair a liberdade de acção ao municipalismo”, comentou Paulo Varanda durante a última reunião do executivo. Os vereadores da oposição colocaram dúvidas acerca de como se chegou àquele valor, tendo Paulo Neves (PSD) lembrado que é superior em 200 mil euros ao valor apontado para 2011. Mário Júlio Reis (CDU) confessou que não percebeu a cabimentação de verba tão elevada dias depois de ter sido aprovado o orçamento da autarquia para 2012.Com um quadro de 390 colaboradores a autarquia já sabia que teria de dispensar um por cento desse total, o que corresponde a quatro trabalhadores. Mas Paulo Varanda sublinha que o orçamento de Estado de 2012 pode obrigar a autarquia a extinguir mais postos. PSD e CDU abstiveram-se na votação, aprovada com os votos favoráveis dos vereadores do PS. A maioria camarária comprometeu-se a apresentar mais esclarecimentos sobre aquela matéria em próxima reunião.

Mais Notícias

    A carregar...