uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Em Alhandra o entrudo morreu enforcado e embalado por uma peça de teatro

Edição de 20.02.2013 | Cultura e Lazer
A Sociedade Euterpe Alhandrense, em colaboração com elementos da Sociedade Filarmónica Recreio Alverquense, enterraram o entrudo em Alhandra de forma criativa e diferente das restantes freguesias da região. Em Alhandra não são ditas as tradicionais quadras pelo padre disfarçado. Em vez disso houve velório, teatro e fogo-de-artifício. O cortejo fúnebre andou pelas ruas e cativou a presença de dezenas de pessoas. O morto foi transportado numa carrinha dos bombeiros de Alhandra, ao som de viúvas aos gritos. No final do velório foi levado para o salão da Euterpe, onde repousou perante uma peça improvisada de teatro, tendo acabado enforcado e queimado à beira-rio enquanto alguns morteiros explodiam. O enterro do entrudo, organizado pela Sociedade Euterpe Alhandrense, realiza-se todos os anos da mesma maneira com o objectivo de apresentar à população um evento diferente dos restantes.

Mais Notícias

    A carregar...