uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
CDU de Alpiarça aposta em independentes para as assembleias municipal e de freguesia

CDU de Alpiarça aposta em independentes para as assembleias municipal e de freguesia

Para a câmara mantêm-se os mesmos candidatos elegíveis liderados por Mário Pereira
Edição de 10.04.2013 | Política
A CDU de Alpiarça escolheu dois independentes para liderarem as listas à assembleia municipal e assembleia de freguesia. Já era previsível que a coligação liderada pelo PCP quisesse afastar os actuais presidentes desses órgãos depois das divergências políticas que foram ocorrendo ao longo deste mandato, sobretudo com Mário Santiago, actual presidente da assembleia municipal e eleito como independente. Para a câmara aposta-se nas mesmas pessoas que cumprem o primeiro mandato no poder.Para a assembleia de freguesia trocou-se uma militante comunista, Joana Serrano, actual presidente da junta, por uma independente. Fernanda Cardigos, 43 anos e escriturária de profissão, vai tentar manter a junta nas mãos da CDU. Para a assembleia municipal a coligação escolheu Fernando Louro, 61 anos, que apesar de independente é uma pessoa que há muito se identifica com a CDU e que tem colaborado, percebendo-se pelo seu discurso que está embebido do espírito comunista. “Acredito no projecto da CDU, na sua política, nas suas ideias”, disse sublinhando que o importante “é o colectivo”. A CDU tem por princípio basilar o mesmo que o do PCP, de as situações serem decididas em conjunto.Mário Pereira, o recandidato à câmara, para um segundo mandato, reconhece que era impossível voltar a contar com os actuais presidentes da assembleia e da junta de freguesia. Pereira, professor de profissão, garante que o executivo na câmara e o partido estiveram “sempre abertos a entendimentos, procurámos estabelecer pontes”, mas justifica que Mário Santiago e Joana Serrano acabaram por se afastar e tomar posições que conduziram à decisão de “não contarmos com eles para estas eleições”.O presidente e candidato pede a confiança das pessoas para mais quatro anos à frente da autarquia, tendo como bandeira a continuação da aposta na estabilidade financeira. E vai ser acompanhado no segundo e terceiro lugares da lista pelos actuais vereadores Carlos Jorge Pereira e João Pedro Arraiolos. No seu discurso de apresentação, no sábado, 6 de Abril, Mário Pereira sublinhou que chegou a uma câmara com uma situação de ruptura financeira e que agora há um município que se “ergue, recupera a credibilidade e a capacidade de realizar e servir os seus munícipes”. “Alpiarça conseguiu ter das mais altas taxas de execução dos fundos comunitários de entre os municípios da região, concluindo o novo centro escolar e recuperando o edifício da Casa dos Patudos”, sublinhou.
CDU de Alpiarça aposta em independentes para as assembleias municipal e de freguesia

Mais Notícias

    A carregar...