uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Joaquim Ramos sofreu ataque cardíaco e encontra-se em coma induzido

Presidente já não deverá regressar à autarquia. Luis de Sousa, vice-presidente e candidato socialista, diz que não queria ocupar o poder e que só o faz “por imposição da lei”
Edição de 10.04.2013 | Sociedade
O presidente da Câmara de Azambuja deve ficar afastado da autarquia nos próximos meses e provavelmente não deve regressar ao trabalho até ao final do mandato. O autarca sofreu um ataque cardíaco na sexta-feira, 5 de Abril, e está internado no Hospital de Santa Maria onde foi operado de urgência. O vice-presidente do município, Luís de Sousa, e candidato à presidência nas eleições de Outubro, assume a presidência da autarquia. Luís de Sousa disse a O MIRANTE que só toma o controlo da câmara “por imposição da lei” e mantém viva a esperança que Joaquim Ramos regresse à vida política ainda antes do final do mandato, o que deverá ser pouco provável dado o seu delicado estado de saúde. Os processos que estavam a ser tratados por Joaquim Ramos vão entretanto passar para as mãos do vice-presidente.Há vários meses que se especulava a possibilidade de Joaquim Ramos abandonar o cargo antes do final do mandato, estando inclusive a preparar Luís de Sousa para esse cenário, colocando-o ao corrente de diversas situações relacionadas com a gestão da câmara. Mas Luís de Sousa não confirma esse cenário. “Para já o que nos preocupa é o seu grave estado de saúde, tudo o resto se verá com o tempo. Não estou a tentar tomar o poder, faço-o por ser obrigado porque o Joaquim Ramos é um grande amigo”, refere a O MIRANTE. Joaquim Ramos estava a cumprir o seu terceiro mandato e está impedido de se recandidatar ao cargo por imposição legal. O seu nome era apontado no seio dos socialistas como o mais provável candidato à assembleia municipal, como tem acontecido em outros municípios, como o da Golegã, onde o presidente da câmara, Veiga Maltez, já anunciou a sua candidatura à assembleia. Recorde-se que Joaquim Ramos, de 62 anos, sofreu um ataque cardíaco quando estava na sua casa de férias no Bom Sucesso, Óbidos. O autarca estava sozinho em casa e por volta das 21h00 sentiu-se mal e ligou para o número de emergência 112. Foi transportado para o Hospital das Caldas da Rainha e depois transferido em helicóptero do INEM para o hospital de Santa Maria, em Lisboa. À data de fecho desta edição o autarca ainda se encontrava em coma induzido e com prognóstico clínico muito reservado. Embora a evolução esteja a ser positiva tem necessitado de elevada vigilância médica.

Mais Notícias

    A carregar...