uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Falando da desgraça

Falando da desgraça

Edição de 29.05.2013 | Cavaleiro Andante
Jorge Miranda reconhece que os direitos fundamentais inscritos na Constituição portuguesa, nomeadamente os relacionados com o Estado Social e Económico, estão bastante reduzidos mas não ao ponto de ser necessária a criação de um estado de excepção para colmatar essas falhas como defendem alguns dirigentes políticos. Jorge Miranda reconhece que com o actual estado da Justiça portuguesa é difícil viver numa sociedade justa e equilibrada e deu ainda exemplo de empresas europeias que migram para os países asiáticos fazendo concorrência desleal numa Europa sem união fiscal. Enfim, o discurso de Jorge Miranda nem parecia conversa de aniversário do Centro de Investigação Joaquim Veríssimo Serrão. Para quem tem o rabo entalado, até em cerimónias de circunstância uma pessoa pode ir pelo cano abaixo ao ouvir gente tão ilustre falando da desgraça como quem dá aulas.
Falando da desgraça

Mais Notícias

    A carregar...