uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Auto Bigodes no Forte da Casa está na primeira linha em serviços de táxis e reboques

Auto Bigodes no Forte da Casa está na primeira linha em serviços de táxis e reboques

O percurso da empresa começou em 1976 com o táxi Mercedes-Benz de António da Mota Dias
Edição de 04.06.2014 | Economia
Tem o sugestivo nome de Auto Bigodes e é conhecida como uma das principais empresas de serviços de táxi e de pronto-socorro a operar na zona norte de Lisboa. Foi crescendo passo a passo e serviço a serviço, com segurança e à medida das necessidades dos clientes. A última novidade é o serviço integrado “Segurança & Ambiente”, resultante de uma parceria com uma multinacional. António da Mota Dias, sócio-gerente, contou a O MIRANTE o seu percurso. Corria o ano de 1976 quando António da Mota Dias iniciou a actividade como empresário na área de táxis, conduzindo um Mercedes-Benz 240, uma das primeiras viaturas do género no concelho de Vila Franca de Xira. “Marquei posição no mercado servindo a população das freguesias de Póvoa de Santa Iria, Forte da Casa, Vialonga e Santa Iria Azóia desde as seis horas da manhã até ao último comboio que parava na estação da Póvoa de Santa Iria, à uma da manhã. Na época não existiam as acessibilidades. Os transportes públicos eram escassos, assim como os carros particulares. Os passageiros dos comboios já sabiam que enquanto houvesse comboios a parar na estação podiam contar comigo”.O serviço que então prestava era abrangente. “Várias vezes o meu táxi foi ambulância, ao transportar senhoras para o hospital ou maternidade para terem os seus primeiros filhos. Muitos quase que nasceram na viagem. Fui eu que algumas vezes telefonei para os empregos dos maridos a dar a feliz notícia. Estando equipado com rádio CB COBRA 148 GTL no meu táxi e na minha residência, porque ainda não se ouvia falar nos agora indispensáveis telemóveis, a minha esposa atendia os telefonemas dos clientes e transmitíamos via rádio”, explica. Em 1985 o empresário comprou uma segunda licença de táxi na Freguesia de Santa Iria de Azóia e contratou o seu primeiro motorista. O objectivo foi cumprir os contratos de prestação de serviços que tinha assinado com a antiga Covina (agora Saint-Gobain) e com a Central de Cervejas. Ao mesmo tempo garantia o transporte de pacientes para centros de hemodiálise. “Apercebi-me do mercado que estava a nascer, com o aparecimento das empresas de assistência em viagem em 1989, com as quais já trabalhava na prestação de serviços de táxi. Na época comprei o meu primeiro reboque, uma Bedford NKR nova com estrado e sistema de prato para poder transportar duas viaturas em simultâneo. Inicialmente trabalhava com o reboque de dia e com o táxi à noite, realizava viagens Lisboa - Porto no transporte de salvados e contratei o segundo motorista para o táxi com o qual trabalhava”. E a empresa foi crescendo. “Em 1993 comprei o primeiro pesado para rebocar camiões e passei a dispor de 4 reboques e 2 táxis. Criei uma relação de proximidade com os clientes, sobretudo com empresas de assistência em viagem e frotas de transportes, concessionários e marcas de automóveis. Acompanhamos sempre a tecnologia, mantivemos a frota equipada com os mais modernos equipamentos, para poder responder às necessidades das seguradoras, afim de que estas pudessem satisfazer em pleno os seus segurados”, diz António Mota Dias. A Auto Bigodes dispõe de uma frota de 11 táxis (9 de cinco lugares e 2 de nove lugares, 1 dos quais equipado para o transporte de passageiros com mobilidade reduzida) distribuídos pelos concelhos de Arruda dos Vinhos, Vila Franca de Xira e Loures. A frota de reboques é constituída por 29 viaturas de forma a assegurar serviços de transporte de passageiros, automóveis, camiões, máquinas e outros. “Olhando o passado, orgulhamo-nos do nosso percurso e enfrentamos o futuro com um sorriso”, refere com satisfação.
Auto Bigodes no Forte da Casa está na primeira linha em serviços de táxis e reboques

Mais Notícias

    A carregar...