uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Presidente da câmara muda de ideias e Azambuja já não vai ter piscina exterior

Luís de Sousa alterou os planos em 15 dias e agora diz que vai recuperar as piscinas cobertas que se encontram fechadas por falta de condições.

Edição de 21.10.2015 | Sociedade
Depois de ter garantido em declarações a O MIRANTE que iria construir uma piscina exterior ao lado das actuais e encerradas piscinas cobertas em Azambuja, o presidente da câmara municipal, Luís de Sousa, mudou de ideias em 15 dias e diz agora que vai recuperar as piscinas cobertas.“Depois de pensar melhor e de conferenciar com os vereadores que compõem o executivo da câmara, chegámos à conclusão que não valia a pena investir numa piscina exterior e que o melhor caminho será o de recuperar as piscinas cobertas, para poderem servir a população ao longo de todo o ano”, explicou o autarca.Desta forma, a autarquia já não vai investir cerca de 80 mil euros na construção de uma piscina exterior, mas vai aplicar cerca de 251 mil euros para recuperar o complexo de piscinas que está encerrado há cerca de cinco anos por falta de condições. O que tem motivado muitas queixas por parte da população local.A obra vai ser feita em duas fases, pelo que a sua conclusão deverá ocorrer apenas no final do próximo ano. “Primeiro vamos recuperar toda a componente de alvenaria, paredes e outras partes. Nessa fase, a que já vai ficar afectada uma verba de cerca de 101 mil euros do orçamento deste ano, será preparado o terreno para a fase seguinte. Essa acontecerá com recurso ao orçamento do próximo ano, 2016, numa verba a rondar os 150 mil euros, para que as obras fiquem completas”, explicou.A autarquia tem já entregue uma candidatura a fundos europeus para ajudar à recuperação do complexo, mas esses fundos, a serem atribuídos, apenas poderão ser aplicados em gastos com a eficiência energética no âmbito do programa Portugal 2020. Sem alterações estão os planos para os campos de ténis no mesmo local. De acordo com as palavras do presidente da autarquia, está a caminho um protocolo com o Grupo Desportivo da Azambuja para a exploração do espaço, sendo possível a abertura de uma escola de ténis no local.

Mais Notícias

    A carregar...