uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Abrantes com projectos de reabilitação urbana no valor de 7 milhões de euros

Edição de 23.03.2016 | Economia
A Câmara de Abrantes apresentou os vários projectos que pretende desenvolver no âmbito do Plano de Desenvolvimento Estratégico (PEDU), como por exemplo a recuperação do Convento de São Domingos para instalar o Museu Ibérico de Arqueologia e Arte de Abrantes, a recuperação do Edifício Carneiro para a instalação do Museu de Arte Contemporânea Charters de Almeida e uma verba para a melhoria/ampliação da Galeria Municipal, Quartel. A autarquia vai candidatar-se a 6 milhões de euros de fundos comunitários, num investimento total de 7,2 milhões de euros, abrangendo vários projectos distribuídos por três áreas: mobilidade, regeneração do edificado e a sinalização/intervenção urbana e em áreas em que as comunidades estejam em exclusão. O objectivo da traçado é “conseguir chegar ao Verão com todos projectos em fase de concurso público” refere a presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque. A candidatura inicial apontava para projectos num valor global de 14 milhões de euros que pretendia abranger, para além dos investimentos já enumerados, “intervenções no âmbito da mobilidade, para melhorar os acessos ao centro histórico”. Contudo, algumas intervenções não são elegíveis nesta primeira fase de candidatura a fundos comunitários. Para uma segunda fase, Maria do Céu Albuquerque explicou que há um conjunto de obras que a câmara ainda quer ver realizadas como uma intervenção na Igreja de São João, no Cine Teatro São Pedro e no Jardim do Castelo”. Finalizar a intervenção no Vale da Fontinha e proceder à requalificação urbana do bairro social de Vale de Rãs são outros objectivos do município.

Mais Notícias

    A carregar...