uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Alunos de Alcoentre levam problemas da localidade à Câmara de Azambuja

Alunos de Alcoentre levam problemas da localidade à Câmara de Azambuja

Crianças do 4.º ano de escolaridade desafiam presidente do município a solucionar os problemas identificados.

Edição de 09.02.2017 | Sociedade

Dezasseis alunos do 4.º ano da escola básica de Alcoentre marcaram presença na última reunião do executivo da Câmara de Azambuja e apresentaram ao executivo seis problemas para os quais pedem soluções. Os problemas identificados foram: a falta de condições no parque de Alcoentre e no parque infantil dos Casais das Boiças, a necessidade de mais auxiliares de educação na escola, a má acústica do ginásio da escola, melhorias numa paragem de autocarro em Tagarro, perto da antiga escola do lugar de Alcoentre, e atenção para as casas degradadas.
O presidente da câmara municipal enfrentou o desafio e respondeu a todos os problemas enumerados. Luís de Sousa (PS) falou nos custos elevados na recuperação dos parques infantis do concelho mas não deixou de destacar que alguns já foram reparados, a que se seguirá a reparação de outros. Lembrou a recente contratação de oito auxiliares de educação para as escolas do concelho mas admitiu dificuldades em contratar mais e disse que ia pedir aos serviços para verificar a acústica do ginásio da escola básica assim como as condições da paragem de autocarros em Tagarro.
Sobre as casas degradadas, o autarca referiu que algumas são do Estado e que a única coisa que pode fazer para já é avisar os proprietários para a necessidade de fazerem obras ou de venderem as casas, acrescentando que os outros mecanismos à sua disposição só serão activados em último caso.
Os estudantes foram à sessão no âmbito do projecto “As Viagens do Zambujinho” que no actual ano lectivo comemora 10 anos de existência. Uma iniciativa que pretende dar a conhecer as várias localidades do concelho de Azambuja e que inclui dez rotas para os mais novos. A “Rota Urbana” incluiu esta visita que teve como propósito conhecer o funcionamento das reuniões camarárias.
Luís de Sousa apresentou e explicou sucintamente um pouco daquilo que é feito na câmara e cada um dos membros do executivo apresentou-se perante a plateia mais jovem. No final o autarca entregou esferográficas do município de Azambuja aos alunos.
Ao longo de dez anos participaram no projecto “As Viagens do Zambujinho” cerca de 5.550 alunos, 300 professores e 50 parceiros.

Alunos de Alcoentre levam problemas da localidade à Câmara de Azambuja

Mais Notícias

    A carregar...