uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Inês Peres Rosa e João Grilo casaram e a música foi a madrinha

Inês Peres Rosa e João Grilo casaram e a música foi a madrinha

Um casal fadista de Vila Franca de Xira que depois do altar quer o palco de um musical. Conheceram-se no curso de engenharia, uniram as vozes em palco e as vidas através do casamento. A primeira actuação já de aliança foi nas Noites Culturais de Vila Franca de Xira. O sonho é actuar num musical.

Edição de 26.09.2018 | Cultura e Lazer

Inês Peres Rosa e João Grilo são dois cantores amadores que, como muitos outros, aspiram a um lugar no mundo do espectáculo. Costumavam actuar juntos antes de serem casados e depois de casados juntaram-se pela primeira vez em palco na noite de fados integrada na Programação Cultural de Verão de Vila Franca de Xira, cidade onde residem.
A história do casal fadista começou há nove anos. Inês Peres Rosa estava a organizar uma noite de fados e à última hora um dos participantes avisou que não poderia ir. Na altura Inês estudava engenharia e sabia que um dos seus colegas de curso também era cantor amador, contactou-o para participar no espectáculo. Foi o primeiro passo para uma relação que evoluiu até ao casamento a 12 de Agosto deste ano.
O convite de casamento tinha o aspecto gráfico de um bilhete para o espectáculo. O sacerdote que presidiu à cerimónia destacou o facto de ter sido a engenharia que os pusera em contacto um com o outro e a música que os unira. Os noivos cantaram na igreja e depois no “copo de água”. Voltaram a cantar em público no cruzeiro que fizeram na lua de mel e duas semanas depois estavam perante o público da Programação Cultural de Verão 2018, da câmara Municipal.
Inês Peres Rosa tem 30 anos e não seguiu engenharia, tendo actualmente um centro de explicações em Vila Franca de Xira. João Grilo, que vivia em Maceira antes de se casar e ir viver para Vila Franca de Xira, trabalha como engenheiro civil na Câmara Municipal de Sintra. Os dois criaram o projecto “Dois Tons” para cantar em dueto em festas privadas ou espectáculos, consoante as solicitações.
Inês é quem vive mais a cantar e é também quem começou primeiro. Os pais, depois de terem visto o musical “Amália” de Filipe La Féria, pediram-lhe para ela lhe gravar as canções, na altura ainda em cassetes. Embora a contra-gosto, por na altura não ligar muito ao fado, ela acabou por aceder.
Depois, durante as viagens de carro com os pais, foi ouvindo, ouvindo e tornou-se admiradora daquele tipo de música que agora canta com o mesmo à vontade com que canta outros géneros de música. Por ocasião do falecimento da cantora americana Aretha Franklin, muita gente teve ocasião de a ver e ouvir cantar “Respect”, nomeadamente no youtube.
João Grilo também canta vários estilos de música para além do fado e é um bom imitador de cantores como Frank Sinatra, por exemplo. O seu sonho é ser acompanhado por uma orquestra.
O casal participa nas actividades de teatro de revista da Sociedade Recreativa Os Alegres de Maceira (Montelavar) e actua por toda a região. Um dos seus sonhos é participarem num musical.

Inês Peres Rosa e João Grilo casaram e a música foi a madrinha

Mais Notícias

    A carregar...