uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Novos órgãos sociais da CNIS tomaram posse em Fátima
José Carlos Batalha, de Azambuja, preside à assembleia geral da CNIS

Novos órgãos sociais da CNIS tomaram posse em Fátima

Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade conta vários dirigentes da região.

Edição de 22.01.2019 | Sociedade

Os novos órgãos sociais da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS) tomaram posse no sábado, 12 de Janeiro, para o quadriénio 2019-2022. A sessão solene decorreu durante o VII Congresso da CNIS.
A sufrágio apresentou-se uma única lista, composta por 17 elementos representativos de várias instituições de todo o país, da qual fazem parte alguns elementos da região. José Carlos Batalha, do Centro Social Paroquial de Azambuja, mas em representação da União Distrital das Instituições Particulares de Solidariedade Social de Lisboa, é o presidente da mesa da assembleia geral.
Também na mesa da assembleia geral estão o presidente da APAC - Associação Popular de Apoio à Criança da Póvoa de Santa Iria, José Casaleiro, e o presidente da União Distrital das Instituições de Solidariedade de Santarém, Eduardo Mourinha. Como secretário da direcção toma posse José Custódio Leirião, do Centro Social Paroquial de Azambuja.
A CNIS, assume-se como o rosto de representação de respostas de apoio à comunidade, famílias, crianças e jovens, idosos e deficientes, e é a principal organização representativa das instituições particulares de solidariedade social, congregando federações e uniões, distritais e regionais.

Novos órgãos sociais da CNIS tomaram posse em Fátima

Mais Notícias

    A carregar...