uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Rio Maior evoca 25 de Abril com alusões ao 25 de Novembro
foto DR Maria Helena Vieira da Silva

Rio Maior evoca 25 de Abril com alusões ao 25 de Novembro

Município não realizou actividades por ser tempo de ficar em casa. Líderes autárquicos sublinharam a importância histórica da Revolução dos Cravos mas também do 25 de Novembro de 1975.

Edição de 11.05.2020 | Sociedade

O município de Rio Maior decidiu não celebrar este ano mais um aniversário da Revolução dos Cravos, tendo em conta o estado de emergência em que o país vive devido à pandemia de Covid-19.
“Hoje, a melhor forma de saudar o 25 de Abril é termos um comportamento colectivo que preserve a saúde de todos, em particular a geração dos militares que, legitimamente, podem reclamar a paternidade da Revolução. É por isso que devemos ficar em casa. É por isso que não deveremos sair à rua para gritar os vivas que a Revolução de Abril merece”, lê-se num comunicado conjunto dirigido à população e assinado pelo presidente da câmara municipal, Filipe Santana Dias, e pelo presidente da assembleia municipal, António Arribança. A decisão foi tomada após audição dos líderes dos agrupamentos políticos representados na assembleia municipal.
Os autarcas, eleitos pela coligação PSD/CDS que gere o município, sublinham, no entanto, que “importa não olvidar o 25 de Abril, dia em que, através da chamada Revolução dos Cravos, foi devolvida aos portugueses a Liberdade e a Democracia”. E fazem também alusão implícita ao 25 de Novembro de 1975, outra data marcante no percurso para a instauração e consolidação do regime democrático em Portugal. Um momento histórico em que Rio Maior foi um dos palcos principais no país.
“É certo que nos meses que se seguiram à Revolução muito se lutou para não se perder, para outro totalitarismo, comprovadamente mais criminoso que o famigerado Estado Novo, o que o 25 de Abril a todos trouxera. Mas foi uma luta bem conseguida e a liberdade de cada um de nós foi preservada e, hoje, aqui estamos para o recordar, saudar e festejar”, escrevem Filipe Santana Dias e António Arribança.

Rio Maior evoca 25 de Abril com alusões ao 25 de Novembro

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido