uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Unidade de Saúde Familiar de Santa Maria em Tomar não respeita utentes

Edição de 03.01.2018 | O MIRANTE dos Leitores

As reuniões quinzenais de serviço durante o horário de expediente, que implicam o encerramento da Unidade de Saúde Familiar de Santa Maria em Tomar até podem ser ilegais mas são imorais. E o mais grave é que nem os responsáveis por aquele serviço nem a Administração Regional de Saúde se dignam explicar porque fazem o que fazem, alterando o horário normal de atendimento sem aviso prévio. Como a reportagem conta, as pessoas chegam e simplesmente batem com o nariz na porta onde, ironia das ironias num sector que tem gasto milhares de euros a criar sites, aplicações e outras novidades tecnológicas, está um cartaz em papel. As reuniões podiam ser noutra altura? Podiam, claro que podiam. Havia sempre a possibilidade de haver, no mínimo uma pessoa para receber pessoalmente quem chega, pedir desculpa pelo facto de a Unidade estar encerrada e dar outras informações? Podia, claro que podia... se houvesse mais respeito pelos utentes. Continuamos a ser maltratados nos serviços públicos e, na minha opinião é por isso que pagamos impostos de tão má vontade. Comigo pelo menos é assim que se passa.
Luís Domingues

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...