uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Jovem de Tomar dá cartas no heptatlo
Manuel Dias concilia os estudos com o atletismo

Jovem de Tomar dá cartas no heptatlo

Manuel Dias sagrou-se campeão nacional dessa disciplina do atletismo pela terceira vez consecutiva. Atleta estabeleceu novo recorde nacional, que não era batido desde 2011. Actualmente é o terceiro atleta do ranking de heptatlo a nível mundial.

Edição de 08.02.2018 | Desporto

Manuel Dias, um jovem natural de Tomar que representa o Sport Lisboa e Benfica, conquistou recentemente o título de campeão nacional de juniores no heptatlo em pista coberta, com a marca de 5352 pontos, estabelecendo um novo recorde nacional que não era batido desde 2011. O atleta de 18 anos conquistou este título pela terceira vez consecutiva no Campeonato Nacional de Juniores em pista coberta que decorreu em Pombal [distrito de Leiria]. É actualmente o terceito atleta do ranking mundial de heptatlo.
Das sete provas que compõem o heptatlo, Manuel Dias apenas não venceu os 60 metros planos, o salto em altura e os 60 metros barreiras, o que não o impediu de vencer e conquistar um novo recorde nacional. As outras provas são salto à vara, 1000 metros, salto em comprimento e lançamento de peso.
O atleta começou a participar em provas de corta-mato e de estrada em criança. Gostava de assistir às provas em que o pai participava, embora nunca tenha corrido profissionalmente. Uma vez participou numa prova que correu bem e um dos responsáveis do União de Tomar falou com o seu pai e desafiou Manuel para experimentar o atletismo. “Fui experimentar, gostei e fui ficando”, conta a
O MIRANTE.
Quando Tiago Madureira chegou ao União de Tomar para treinar os atletas é que Manuel Dias experimentou o heptatlo. “Percebemos que o heptatlo era a disciplina que melhor se adequava às suas capacidades e foi a melhor decisão”, afirma Tiago Madureira, que continua a ser treinador do jovem campeão.
Em 2016 surgiu o convite para ser atleta de alto rendimento do Sporting Clube de Portugal. No ano seguinte trocou os leões pelo Sport Lisboa e Benfica. “O clube apresentou
melhores condições a todos os níveis e por isso decidi arriscar esta nova experiência. Até agora tem corrido muito bem”, diz o jovem.
Dos vários títulos conquistados destaca o de vice-campeão ibérico de heptatlo em 2016, vice-campeão nacional sub-23 (um escalão acima do seu) em 400 metros barreiras e vice-campeão nacional sub-23 em salto à vara. Também já representou várias vezes a selecção nacional.
Manuel Dias frequenta o primeiro ano do curso de Ergonomia da Faculdade de Motricidade Humana (FMH), em Lisboa. Treina todos os dias, entre duas a três horas, normalmente ao final da tarde. Garante que até agora tem sido fácil conciliar os estudos com a competição. E confessa que ainda lhe sobra tempo para a família e para a namorada. “Com esforço e determinação tudo se consegue. É preciso é querer e lutar pelos nossos objectivos e ambições”, afirma.
Depois de tirar o curso quer conciliar a actividade profissional com o atletismo. Apesar de não ser muito ambicioso diz que gostava de ser finalista de um campeonato mundial e fazer uma boa prestação. Mas o seu maior sonho é um dia poder participar nos Jogos Olímpicos em representação de Portugal. “Mas ainda sou muito novo e é uma competição muito difícil. No entanto, vou dar sempre o meu melhor e pode ser que um dia consiga conquistar esse que é o sonho de qualquer atleta. É um momento único com o qual todos sonhamos e eu não sou diferente, diz.

Jovem de Tomar dá cartas no heptatlo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...