Agora Falo Eu | 03-04-2024 18:00

Beatriz Dias

Beatriz Dias
Beatriz Dias

Assistente administrativa, Grupo Costa Martins e Dias, Rio Maior

Gosta de comemorar o seu aniversário?
Não gosto, nem desgosto. Sinto que é um dia como todos os outros mas é também uma óptima desculpa para jantares de família.
Custa-lhe levantar-se de manhã para ir trabalhar?
Custa sempre um pouco acordar cedo mas com o tempo já nem aos
fins-de-semana acordo muito tarde.
Quantos cafés bebe por dia?
Não tenho por hábito beber café.
Alguma vez deu sangue?
Nunca dei porque tenho pânico de agulhas e algum medo.
Costuma fazer habitualmente a separação dos lixos domésticos?
Não costumo separar os lixos domésticos, simplesmente por não ser um hábito. Em casa separamos apenas os “restos”, cascas e esse tipo de alimentos para os animais. Na minha opinião é sempre bom fazer reciclagem mas a mesma tem de se tornar um hábito desta e das próximas gerações.
Costuma apostar na raspadinha? Tem sorte ao jogo?
Não costumo apostar em nenhum tipo de jogos desse género, exactamente por não ter grande sorte.
A que petisco não resiste?
Não sei se é considerado petisco, mas as batatas fritas são a minha perdição.
Vale a pena ir votar?
Não é tanto a questão de valer a pena mas é um direito e um dever cívico. E sobretudo enquanto mulher sinto, ainda mais, esse dever uma vez que outras mulheres lutaram tanto e tantos anos para que as mulheres também tivessem direito ao voto.
Para andar de bicicleta nas ruas e nas estradas devia ser obrigatório algum exame?
Ainda há uns dias falei disto. Um exame prático penso que não fosse necessário, mas, no mínimo, devia haver um exame teórico. Algo como o exame de código para tirar a carta de condução. Afinal bicicletas também são veículos e, para andar nas ruas e estradas, quem as utiliza devia ter conhecimento das regras de trânsito.
O que é que lhe provoca um sono irresistível?
Estar confortável e quente. Não há como não dormir nessas condições.
Ainda há dinheiro para ir a um bom restaurante?
Uma vez de vez em quando. Regularmente, claro que não!
Gosta de conduzir?
Hoje em dia já gosto de conduzir, mas nos primeiros tempos conduzia por necessidade.
Já soprou no balão?
Apesar de já ter sido parada algumas vezes nunca soprei no balão.
Como é que vive a época dos santos populares?
Não ligo muito a esse tipo de comemorações.
Já visitou alguma praia fluvial da região?
Sim, os Olhos de Água, do Alviela. Apesar da água bastante fria é um sítio bastante agradável.
Era capaz de viver sem música?
Penso que não apesar de não ouvir frequentemente. Não dispenso uma música no carro, de manhã enquanto estou a caminho do trabalho.
Tem ou já pensou comprar um seguro de saúde? Perto de onde mora há algum hospital privado?
Tenho seguro de saúde. Não há nenhum hospital privado em Rio Maior, talvez os mais perto sejam nas Caldas da Rainha ou em Santarém.
Qual o seu prato preferido de bacalhau?
Bacalhau com natas, sem pensar duas vezes.
Qual é o seu truque para manter a calma perante um imprevisto?
Sou bastante ansiosa, principalmente quando há algum imprevisto. Penso que não tenho nenhum truque, apenas tento manter a respiração “normal”.
Gosta de uma boa discussão?
Depende do tema da mesma, mas maioritariamente prefiro ficar com a minha opinião.
De quantas horas de sono precisa para acordar bem disposta?
No mínimo nove horas. Se dormir pouco fico muito aborrecida.
Quantos guarda-chuvas costuma perder num Inverno bastante chuvoso?
Quando andava na escola não usava guarda-chuva exactamente por os perder e não gostar de os andar a carregar de um lado para o outro. Desde que tenho carro nunca mais perdi nenhum!

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo