Agora Falo Eu | 10-04-2024 21:00

Joana Rodrigues 

Joana Rodrigues 
Joana Rodrigues 

Psicóloga, Clínica Equilíbrio e Bem-Estar - Vila Franca de Xira

Lembra-se da última vez que viu um filme numa sala de cinema?
Sei que foi antes da Covid-19 mas não me recordo que filme foi.
Já foi ver algum concerto ou espectáculo a uma sala da região?
Sim. Vi uma curta metragem da realizadora Leonor Teles, no Museu do Neorealismo.
Há alguma coisa que considere que não esteja cara?
A opinião alheia é sempre de graça.
Dos produtos que costuma comprar qual foi o que aumentou mais?
O arroz foi o que achei mais evidente, pelo menos inicialmente.
Se voltasse a ter 15 anos o que fazia?
Voltava a ter a adolescência feliz que tive. É uma fase desafiante, mas muito bonita nas nossas vidas. Cheia de aprendizagens e início de verdadeira construção da nossa identidade.
Costuma arrepender-se?
Sinto que posso sempre fazer mais.
Qual é o seu maior arrependimento?
Não há maior ou menor, depende da importância dada no momento.
Tem algum sonho que se repita regularmente?
Não, os meus sonhos são sempre variados.
Quando se confronta com uma pessoa ignorante o que lhe apetece fazer?
Todos somos ignorantes em determinado tema ou área. Se acho que posso ajudar a fazer compreender, tento. Caso seja ignorância por questões de preconceito, seja de que cariz for, normalmente existe alguma rigidez de pensamento por parte dessa pessoa e não será através de um confronto de ideias que algo vá desaparecer. Possivelmente só irá gerar mais violência.
Sabe para onde levam e o que fazem ao lixo que coloca nos contentores?
Penso que sim.
Para andar de bicicleta nas ruas e estradas devia ser obrigatório algum exame?
Sim, claro. Para além de um compromisso no trânsito, é também de cidadania, ética e segurança para todos.
Lê alguma da publicidade que lhe colocam na caixa do correio? Tem alguma utilidade?
Honestamente, não.
Qual o problema que já devia ter sido resolvido há muito tempo na zona onde mora?
O que gostaria que fosse resolvido na minha cidade era a limpeza e a quase inexistência de espaços verdes. Muitas vezes não compreendo determinada poda numa árvore que lhe tira toda a sua copa, por exemplo.
O que pensa da possibilidade de a semana de trabalho ser de quatro dias? E se isso fosse possível o que fazia nos restantes dias? Passeava ou arranjava outro emprego?
Acredito que as pessoas desejam somente quatro dias de trabalho para poderem descansar, mas não para arranjar outro trabalho.
Qual o alimento que não comia nem que lhe pagassem?
Peixe Baiacu. A minha vida é demasiado preciosa.
Subscrevia uma proposta para termos outro hino nacional ou mudarmos o actual? E o que devia ser mudado?
Creio que não. A História existe para nos lembrar de onde viemos e quem somos. O mesmo se aplica ao hino. Mudar porquê?
Quais as datas importantes que costuma celebrar?
Para além das datas comuns na nossa sociedade as datas dos meus entes queridos.
Tem algum segredo guardado há muitos anos que lhe tenham pedido para guardar?
Guardo todos os segredos que me pedem.
O que é que lhe provoca um sono irresistível?
Todos os dias quando aterro na cama.
Qual é o seu truque para manter a calma perante um imprevisto?
Resolvê-lo.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo