José Saramago: a homenagem ao Nobel da Literatura

José Saramago: a homenagem ao Nobel da Literatura
José Saramago na Azinhaga com Vitor Guia a seu lado

Escritor da Azinhaga completou o centenário do seu nascimento a 16 de Novembro, no mesmo dia em que O MIRANTE comemorou 35 anos de publicação ininterrupta.

Escritor da Azinhaga completou o centenário do seu nascimento a 16 de Novembro, no mesmo dia em que O MIRANTE comemorou 35 anos de publicação ininterrupta. Embora se tenha celebrizado com o livro "Levantado do Chão", mesmo depois de já ter escrito "Manual de Pintura e Caligrafia", e uma obra poética digna de relevo, foi com "Memorial do Convento", publicado dois anos depois, que Saramago conquistou críticos e leitores e deu provas definitivas do seu génio que o levou à conquista do Nobel da Literatura.
O MIRANTE tem vindo a publicar na edição online excertos da sua obra, nomeadamente dos “Cadernos de Lanzarote”, que num registo diarístico dá-nos aquilo que o escritor tinha de mais significativo para contar da sua vida, antes e depois de escrever e publicar "As Pequenas Memórias".
O MIRANTE desafia os seus leitores a descobrirem as obras de José Saramago e a visitarem a edição online de O MIRANTE onde não faltam referências à terra natal, à sua família e à ligação a Azinhaga, que lhe deu como terra de nascimento aquilo que Lisboa, cidade onde viveu a maior parte da sua vida, nunca lhe poderia ter dado.
De todos os textos de “Cadernos de Lanzarote” escolhemos um pequeno excerto de um deles, que é um retrato do homem que poucos acreditaram que cabia num "Memorial do Convento" ou num "Levantado do Chão". "José Saramago: o rapazito que andou descalço pela Azinhaga, o adolescente que desmontou motores de automóveis, calculou pensões, ajudou a fazer livros e depois se pôs a escrevê-los".

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1588
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1588
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo