Covid-19 | 27-03-2020 10:24

Trabalhadores da OGMA alertam para falta de protecção

Plataforma de funcionários diz que não estão a ser respeitadas as recomendações da Direcção Geral da Saúde.

Numa altura em que Alverca já tem vários casos de infecção por Covid-19, uma plataforma de trabalhadores da OGMA – Indústria Aeronáutica de Portugal alerta para não estarem a ser cumpridas as recomendações da Direcção Geral de Saúde (DGS).

A empresa é o maior empregador daquela cidade e uma das maiores do concelho, com quase dois mil trabalhadores. Com excepção dos sectores de engenharia, administração e direcção, que estão em regime de teletrabalho, os restantes sectores de mão de obra directa continuam a laborar e os trabalhadores alertam para problemas.

“O trabalho nas maiores secções, como a fabricação de aeroestruturas envolve o trabalho em conjunto e o uso de dezenas de ferramentas num só turno por cada trabalhador sem qualquer desinfecção”, alerta a plataforma de trabalhadores Juntos Voamos Mais Alto. Alertam para o facto da maioria dos hangares ser baixo e sem qualquer tipo de ventilação, havendo sectores de produção, como a da aeronave Pilatos PC-12, que obriga ao trabalho de 6 a 10 pessoas lado a lado dentro da aeronave. “A OGMA tem anunciado um conjunto de medidas mas continua a não haver máscaras, algumas pessoas trazem-nas de casa e luvas não há em quantidade suficiente, tão pouco álcool ou outro desinfectante que permita lavar as superfícies e as mãos”, alertam. Questionada por O MIRANTE a empresa não produziu qualquer resposta.

* Notícia desenvolvida na próxima edição impressa de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo