Covid-19 | 13-09-2020 16:38

Santuário de Fátima bloqueou entradas pela primeira vez desde Maio

Complexo religioso atingiu a lotação máxima permitida no contexto da pandemia da Covid-19.

O acesso ao Santuário de Fátima foi bloqueado este domingo, 13 de setembro, quando o complexo religioso atingiu a lotação máxima permitida no contexto da pandemia da Covid-19, disse a porta-voz da instituição.

Carmo Rodeia adiantou à agência Lusa que “a partir do momento da comunhão” houve necessidade de impedir mais entradas, pois verificou-se que “a ocupação segura estava alcançada” no conjunto dos espaços.

Segundo a porta-voz, a lotação máxima do Santuário de Fátima obedece às orientações acertadas entre a Conferência Episcopal Portuguesa e a Direcção-Geral da Saúde e corresponde a “um terço do espaço” que normalmente estava acessível aos peregrinos antes da pandemia.

A porta-voz descreveu que agentes da GNR e funcionários do Santuário puderam aplicar a medida “com muita tranquilidade”, cerca das 11h00.

Desde o desconfinamento e o regresso das celebrações com a presença de crentes, em finais de Maio, esta foi a peregrinação mais participada, disse Carmo Rodeia. “Os nossos peregrinos têm mostrado sempre um grande cuidado. A grande maioria usa máscara e procura manter o distanciamento”, sublinhou.

O Santuário de Fátima acolheu no fim de semana a Peregrinação Internacional Aniversária de Setembro, a quarta com peregrinos e a segunda com grupos estrangeiros inscritos desde o início do desconfinamento no âmbito da pandemia de covid-19. Esta Peregrinação Internacional Aniversária, que celebra a quinta “aparição” de Nossa Senhora aos Pastorinhos, integra a VI Peregrinação da Comunidade Surda.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1473
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1473
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo