Cultura e Cidadania | 01-06-2021 14:00

Alimentação e estilos de vida saudáveis

Uma vida com saúde exige um tipo de vida saudável. Saiba como lendo este artigo.

Muito se fala em alimentação saudável e estilo de vida saudável, nos dias de hoje. Sobretudo agora que tanto nos preocupamos com a nossa saúde.

O conceito de estilo de vida saudável, na sua generalidade, ganhou proporções tamanhas que acaba por confundir o comum dos mortais ou induzi-lo em erro por incluir tantas noções antagónicas.

Um alimento por si só pode não ser saudável, ou pode ser ótimo para uma pessoa e ser veneno para outra. Por exemplo, ouvirmos a nossa vizinha ou colega de trabalho dizer “O meu pequeno almoço é super saudável, como um iogurte com fruta”. Aparentemente até pode ser saudável mas, quando analisamos o iogurte e este é de aromas e tem uma quantidade de açúcar presente digna de um festim anual de formigas, e a fruta adicionada é banana, que também tem uma quantidade de frutose enorme, concluímos que, não só o excesso de açúcar é desequilibrado naquela refeição, comprometendo as restantes daquele dia, como pode, ainda, não ser indicado para outra pessoa que seja intolerante à lactose ou à caseína. Devemos por isso ter alguma preocupação com a composição dos alimentos, mas de uma forma simples, adquirindo alimentos naturais e inteiros, sem serem processados ou terem presentes componentes artificiais.

Existem também, hoje em dia, muitas dietas com conceitos diferentes e muitos estrangeirismos à mistura – lowcarb, ketogénica, foodmaps, paleolítico, vegetariana, vegan, ovo-lacto-pesco-vegetariana, fasting intermitente, dietas da lua, do sol e um sem fim de possibilidades. Cada uma preocupa-se com uma questão específica, umas são baixas em consumo de hidratos de carbono, outras são ricas no consumo de proteínas e gorduras boas, outras obedecem a esquemas de horários de jejum, outras eliminam o consumo de alimentos ditos tóxicos da dieta, outras são ricas no consumo de alimentos vegetais. Uma coisa sabemos, cada pessoa é única, o seu organismo é único e o seu funcionamento é influenciado por um número considerável de fatores como os genéticos, o estilo de vida, local onde vive, as relações pessoais, até a sua espiritualidade.

Somos seres complexos e, se não tivermos a possibilidade de explorarmo-nos em todas as dimensões, devemos praticar uma alimentação o mais rica e variada possível, praticar movimento diariamente e ter a preocupação de corrigir alguns erros com pequenas, mas duradouras, mudanças.

Retenha estas 10 ideias que, não sendo uma novidade, são sempre boas de relembrar e adotar diariamente:

1 – Beba muita água. Consuma pelo menos cinco a sete copos de água ao longo do dia para garantir a quantidade diária que o seu organismo necessita.

2 – Tome um pequeno almoço completo. O pequeno almoço é a refeição mais importante do dia pois é a primeira depois de muitas horas de jejum. Deve ter presentes alimentos de todos grandes grupos – hidratos de carbono, de preferência complexos e de absorção lenta, proteína, seja animal ou vegetal, gorduras “limpas”.

3 – Mexa-se!! Se não praticar algum exercício físico, aproveite e transforme alguns momentos do seu dia em exercício, como subir escadas até casa, fazer o percurso até ao trabalho a pé, fazer caminhadas ao final do dia.

4 – Coma de tudo e de forma variada. Um truque que pode adotar para não ter refeições monótonas e garantir todos os nutrientes necessários é ter a preocupação de acrescentar cor ao seu prato. Se pensar em ter 4 cores diferentes no seu prato, e também texturas diferentes, entre alimentos crus e cozinhados, verá garantida a diversidade.

5 – Coma limpo! Os alimentos devem ser o mais naturais e inteiros possível, e da estação em que está. Elimine da sua dieta alimentos processados e industrializados, com componentes tóxicos. Evite bebidas alcoólicas, sal e açúcar refinado em quantidades excessivas, gorduras “más”.

6 – Acabe a última refeição do dia pelo menos uma hora antes de se ir deitar. A digestão é um processo que implica muita energia do corpo pelo que deve estar quase completa quando se deitar para que não haja interferências de maior.

7 – Faça refeições, à mesa, em família. Está enraizada na nossa cultura esta prática e de facto são muito importantes momentos saudáveis de partilha às refeições.

8 – Tente eliminar aparelhos eletrónicos do seu quarto enquanto dorme. A qualidade do sono é muito importante no processo de regeneração celular. Um sono tranquilo e profundo ajuda na restruturação diária do organismo.

9 – Elimine pensamentos tóxicos. A nossa mente é responsável pelos nossos comportamentos, a forma como pensamos e verbalizamos os nossos pensamentos tem o poder de determinar como nos comportamos. 10 – Adquira alguma prática meditativa. Seja pela prática de alguma modalidade física ou prática espiritual, é importante que alimentemos a nossa fé em sermos pessoas melhores.

Pequenas mudanças diárias contribuem para encontrar o seu equilíbrio e melhorar, assim, o seu estilo de vida e torná-lo mais saudável.

Filipa Taxa Araújo

Coach de Nutrição Integrativa

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1513
    23-06-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1513
    23-06-2021
    Capa Vale Tejo