Cultura | 24-11-2022 12:00

Rio Nabão serviu de inspiração para exposição fotográfica em Tomar

É uma exposição sobre o projecto fotográfico efectuado no território onde corre o rio Nabão e que pode ser apreciada na Casa dos Cubos em Tomar.

O Centro de Estudos em Fotografia de Tomar - Casa dos Cubos inaugurou a 19 de Novembro a exposição “Rio, Uma Geografia Sentimental”, da autoria de João Henriques. É uma exposição sobre o projecto fotográfico efectuado no território onde corre o rio Nabão, cuja “geografia sentimental” se desenha num percurso entre a nascente, em Ansião, e a foz, a Sudeste de Tomar, ao longo do qual nasceu João Henriques e a sua família.
O título, de pendor afectivo e simbólico, alude ao conhecer, ao percorrer e ao sentir, onde as imagens procuram exceder o sentimentalismo visual e as conexões autobiográficas, refere o centro em comunicado.
“O primeiro álibi que usei para faltar às aulas foi o rio Nabão. Era Junho, andava no sexto ano, o calor e a aborrecida disciplina de Trabalhos Manuais impulsionaram o desejo de aventuras em águas mais refrescantes. Passados 30 anos retornei ao rio e a Tomar, donde saíra para prosseguir a vida, desta feita para estudar no mestrado em Fotografia do Instituto Politécnico de Tomar”, conta João Henriques.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo