Cultura | 19-01-2023 15:00

Abrantes celebrou centenário de Eugénio de Andrade

A Biblioteca Municipal de Abrantes assinalou o centenário do nascimento do escritor Eugénio de Andrade com sessões literárias em algumas escolas e uma sessão aberta ao público.

A Biblioteca Municipal António Botto, em Abrantes, assinalou na terça-feira, 17 de Janeiro, o centenário do nascimento do escritor Eugénio de Andrade, com sessões literárias em algumas escolas do concelho e uma sessão aberta ao público na biblioteca. A iniciativa teve a parceria da Alma Azul, editora e produtora de actividades literárias, que ofereceu ao público uma dissertação informal sobre Eugénio de Andrade a partir do tema "Amor" - materno, ao território e à poesia -, muito presente na sua obra e também leituras do seu livro "Poesia", que reúne os poemas de todos os seus livros.

Eugénio de Andrade nasceu a 19 de Janeiro de 1923. Entre as dezenas de obras que publicou encontram-se, na poesia, “Os amantes sem dinheiro” (1950), “Rente ao dizer” (1992), “Ofício da paciência” (1994), “O sal da língua” (1995) e “Os lugares do lume” (1998). O poeta natural do concelho do Fundão, publicou também várias obras em prosa. Faleceu no Porto em 2005.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo