Cultura | 23-12-2023 15:00

Sardoal tem um centro cultural que faz a diferença na região ribatejana

Sardoal tem um centro cultural que faz a diferença na região ribatejana
Paulo Sousa e Ricardo Ribeiro são dois dos rostos do Centro Cultural Gil Vicente

Centro Cultural Gil Vicente, no Sardoal, é cada vez mais uma referência no Ribatejo pela oferta diversificada que disponibiliza aos milhares de visitantes que recebe anualmente. Teatro, música e cinema são algumas das actividades com mais saída.

As condições das instalações e dos equipamentos, a programação diferenciada e o esforço de uma vasta equipa de trabalho são os principais factores que caracterizam a evolução do Centro Cultural Gil Vicente, no Sardoal. Paulo Sousa, responsável pela área da cultura no Sardoal, e Ricardo Ribeiro, um dos principais rostos do Centro Cultural Gil Vicente, acreditam que o sucesso do espaço se deve à dedicação de todos. “Não trabalhamos apenas para os sardoalenses. Fazemos parte de uma grande região e recebemos visitantes de todos os concelhos e isso obriga-nos a pensar de forma abrangente e a diversificar a oferta”, afirma Paulo Sousa.
Ricardo Ribeiro garante que não há uma programação cultural tão diversificada e diferenciada como a do Centro Cultural Gil Vicente. Espectáculos de piano, teatro, música e cinema são as principais atracções. “Às quartas-feiras recebemos mais de 60 pessoas para as sessões de cinema, provenientes de vários municípios da região”, revela a O MIRANTE. O Centro Cultural Gil Vicente assinala 20 anos em Setembro do próximo ano. Paulo Sousa considera que tem existido um crescimento positivo, mas que o próximo passo deve ser apostar na renovação e conservação das instalações e equipamentos. “Temos praticamente os mesmos equipamentos desde que o centro foi inaugurado. Precisamos de fazer um investimento”, sublinha, acrescentando que, apesar do bom trabalho, há espaço para melhorar, sobretudo na sensibilização das pessoas para cultivarem hábitos culturais. “Temos que ter actividades que façam as pessoas sair de casa e consumirem cultura. A cultura é essencial para o desenvolvimento da nossa região”, vinca.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo